sicnot

Perfil

Economia

Oito voos da Lufthansa cancelados devido à greve da companhia alemã

Oito voos da Lufthansa entre Portugal e a Alemanha foram hoje de manhã cancelados na sequência da greve dos pilotos, que afetará cerca de 750 voos da companhia aérea alemã.

(Reuters/ Arquivo)

(Reuters/ Arquivo)

REUTERS

De acordo com a informação publicada pelas 7:30 no site da ANA -- Aeroportos de Portugal, foram cancelados três voos com partida de Lisboa, dois para Frankfurt (7:10 e 12:20) e um para Munique (14:10).

São ainda afetadas as chegadas previstas para o aeroporto de Lisboa, duas provenientes de Frankfurt (11:30 e 23:00) e duas de Munique (13:15 e 21:50).

Para o aeroporto de Sá Carneiro, é visível o cancelamento do voo com partida para Frankfurt, agendado para as 06:00, enquanto o das 12:35, também com destino a Frankfurt, não tem qualquer indicação de cancelamento.

Também os voos com destino ao aeroporto do Porto provenientes de Frankfurt, previstos para as 11:45 e para as 22:50, não têm qualquer tipo de informação no site da ANA.

Os passageiros com reservas para os voos afetados devem consultar a página da Lufthansa na Internet, onde podem obter informação sobre a reprogramação das suas viagens, adiantou terça-feira à agência Lusa fonte oficial da transportadora. 

 A companhia aérea alemã anunciou terça-feira o cancelamento de 750 voos previstos para hoje na Alemanha e na Europa, devido a uma greve de pilotos.

"Dos 1.400 voos da companhia Lufthansa inicialmente previstos para quarta-feira, vamos cancelar 750", o que afetará 80 mil passageiros, disse à agência France Presse um porta-voz do grupo. 

As filiais Germanwings, Swiss e Austrian Airlines não serão afetadas pela greve.

Esta será a 12.ª paralisação dos pilotos daquela companhia desde abril do ano passado. 

A Lufthansa disse que o custo das greves no ano passado ascendeu a 232 milhões de euros.

Os pilotos da Lufthansa contestam as condições para o fim de carreira e querem manter a possibilidade de passar à pré-reforma aos 55 anos, com 60% do salário.


Lusa
  • Encontrados destroços do avião que caiu no Irão

    Mundo

    As autoridades iranianas encontraram destroços do avião que caiu no domingo no sudeste do país, matando as 66 pessoas que seguiam a bordo, revelou um porta-voz da Guarda Revolucionária, o exército de elite do regime.

  • 2,6 milhões de bebés morrem antes de completar um mês

    Mundo

    Os recém-nascidos no Paquistão, República Centro-Africana e Afeganistão são os que têm menor probabilidade de sobreviver, de acordo com um relatório da Unicef que revela que todos os anos 2,6 milhões de crianças morrem antes de completar um mês. Sobretudo nos países mais pobres do mundo, o número de mortes de recém-nascidos a nível global mantém-se assustadoramente elevado.

  • Galp regista lucro de 602 M€ em 2017 

    Economia

    A Galp registou um lucro de 602 milhões de euros no ano passado. Uma subida de 25 por cento em relação a 2016. De acordo com a empresa, os resultados devem-se sobretudo ao aumento da produção de petróleo e gás natural no Brasil, bem como o crescimento dos negócios da refinação e distribuição.

  • Mulher enterrada viva no Brasil
    1:13

    Mundo

    Uma mulher de 37 anos terá sido enterrada viva no oeste da Bahia, no Brasil. A certidão de óbito aponta um choque séptico como a causa da morte, mas os ferimentos com que foi encontrada no interior do caixão indicam um possível erro. Os moradores de casas vizinhas do cemitério municipal onde Rosângela dos Santos foi enterrada ouviram gritos vindos do túmulo.

  • "Os Estados Unidos são uma sociedade de pistoleiros"
    3:47
  • Trump desafia Oprah a candidatar-se para ser derrotada

    Mundo

    Apesar de Oprah Winfrey ter excluído uma eventual candidatura às eleições presidenciais dos Estados Unidos da América, Donald Trump ainda não se esqueceu dos rumores e desafiou a apresentadora a candidatar-se em 2020. Através do Twitter, o Presidente norte-americano disse ainda que assim poderia ser "exposta e derrotada como todos os outros".

    SIC