sicnot

Perfil

Economia

Portugal com a maior queda do custo de mão-de-obra na UE

O custo da mão-de-obra caiu 8,8% em Portugal no último trimestre de 2014, face ao mesmo período do ano anterior, no maior recuo entre os Estados-membros da União Europeia (UE), divulgou hoje o Eurostat.

Segundo os dados do gabinete oficial de estatísticas, entre outubro e dezembro de 2014, o preço por hora da mão-de-obra cresceu 1,1% na zona euro e 1,4% no total dos 28 países da UE, abaixo dos valores registados no terceiro trimestre.

Em Portugal, depois de o custo horário da mão-de-obra ter aumentado nos segundo e terceiro trimestre (3,2% e 0,5%, respetivamente), no quarto trimestre regressou às quedas e a recuar 8,8%, sendo mesmo a maior queda entre os parceiros europeus.

Desagregando os dados, houve um recuo dos salários e vencimentos de 9,7%, enquanto as despesas não salariais diminuíram 5,8%.

Além de Portugal, os países em que o custo da mão-de-obra caiu no quarto trimestre foram Chipre (2,2%), Croácia (0,5%), Itália (0,3) e Irlanda (0,1%).

Em sentido contrário, destaque para os aumentos deste índice na Roménia (7,9%), Estónia (6,5%), Letónia (6,1%), Lituânia (5,7%) e Eslováquia (5,1%).

O índice dos custos horários da mão-de-obra é um indicador conjuntural da evolução dos custos suportados pelos empregadores e é calculado dividindo o custo da mão-de-obra pelo número de horas trabalhadas.

Os dois principais componentes dos custos de trabalho são salários e outras despesas, como obrigações sociais a cargo do empregador.

Lusa

  • 950 militares cercam a Rocinha, no Rio de Janeiro
    2:36
  • Terra volta a termer no México

    Mundo

    Um sismo de magnitude 6,2, na escala de Richter, foi registado às 05h30, hora local, 23h30, em Lisboa. Até ao momento não há registo de vítimas ou danos materiais.

  • Franceses em protesto contra reformas de Macron
    1:04

    Mundo

    O Presidente francês volta hoje a ser alvo de manifestações contra a reforma laboral. Os protestos foram organizados por Jean Luc Melenchon, o candidato da extrema-esquerda que concorreu contra Macron.

  • Tony Carreira em Paris com sala cheia
    2:36

    Cultura

    O cantor Tony Carreira actuou ontem em Paris e teve sala cheia a aplaudir os temas que o tornaram conhecido há quase 30 anos. As recentes acusações de plágio não parecem afectar a popularidade do artista, que vai continuar em tournée. A Sic acompanhou o artista neste concerto.