sicnot

Perfil

Economia

Taxa de empregos disponíveis sobe para 1,6% na zona euro no 4.º trimestre de 2014

A taxa de empregos disponíveis na zona euro estabeleceu-se nos 1,8% no quarto trimestre de 2014, uma subida face aos 1,6% do período homólogo de 2103 e do trimestre anterior, divulga hoje o Eurostat.

No conjunto dos 28 Estados-membros, a taxa de empregos disponíveis foi de 1,7%, acima dos 1,5% do último trimestre de 2013 e dos 1,6% do terceiro trimestre de 2014.


Os dados do gabinete de estatísticas da União Europeia (UE) mostram ainda que Portugal teve, no último trimestre de 2014, a quarta menor taxa de disponibilidade de empregos (0,6%), a par da Croácia, Espanha e Eslovénia, países que são ultrapassados pelas Polónia (0,5%), Letónia (0,4%) e Chipre (0,3%).


Em Portugal, o indicador subiu na comparação com o período homólogo (0,4%), mas baixou face ao trimestre anterior (0,7%).


A Alemanha(3,2%), o Reino Unido (2,4%) e a Bélgica (1,9%) foram os Estados-membros com as mais elevadas taxas de empregos disponíveis, no período considerado.


Na zona euro, os setores dos serviços e da construção foram os que apresentaram as maiores taxas de empregos disponíveis (2,4% cada), enquanto a da indústria se fixou nos 1,1%.


Já na UE, o setor dos serviços apresentou, no último trimestre de 2014, taxas de empregos disponíveis de 2,2%, enquanto a indústria e a construção não foram além dos 1,1%.


A taxa de empregos disponíveis mede em percentagem a quantidade de novos postos de trabalho criados ou de vagas a abrir brevemente e para os quais o empregador deve procurar um candidato externo à empresa.


Lusa

 

  • O papel da religião no quotidiano
    24:57
  • Jane Goodall iniciou palestra com sons semelhantes aos dos chimpanzés
    2:18

    País

    A investigadora Jane Goodall esteve esta quinta-feira em Lisboa para participar numa conferência da National Geographic. A primatóloga começou o seu discurso com sons semelhantes aos dos chimpanzés. Numa entrevista à SIC, Goodall falou sobre os chimpanzés e sobre o trabalho que continua a desenvolver em todo o mundo, em prol do ambiente, dos animais e das pessoas. 

  • NATO vai aumentar luta contra o terrorismo

    Mundo

    O secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, disse que os aliados da NATO concordaram esta quinta-feira em aumentar a luta contra o terrorismo e em "investir mais e melhor" na Aliança.

  • Trump empurra líder do Montenegro para ficar à frente na fotografia

    Mundo

    A reunião de líderes dos Estados-membros da NATO, que decorreu esta quinta-feira em Bruxelas, na Bélgica, ficou marcada por um momento insólito em que o Presidente norte-americano não quis abdicar de ficar no melhor plano possível nas fotografias de grupo. Nem que para isso tenha sido necessário empurar o líder de outro país.

  • O humor de John Kerry nas críticas a Trump
    0:40

    Mundo

    John Kerry criticou as ligações de Donald Trump com a Rússia durante um discurso de abertura, na Universidade de Harvard. O ex-secretário de Estado norte-americano disse, em tom de brincadeira, que se os jovens querem vingar na política, devem primeiro aprender a falar russo.