sicnot

Perfil

Economia

Juros da dívida de Portugal a cair a 2 anos para mínimos e a subir a 5 e 10 anos

Os juros da dívida portuguesa estavam hoje a cair a dois anos, para mínimos, e a subir a cinco e a dez anos, em relação à passada sexta-feira.        

SIC

Hoje, cerca das 08:40 em Lisboa, os juros da dívida portuguesa a dez anos estavam a subir para 1,646%, contra 1,633% na sexta-feira e o mínimo de sempre, de 1,560%, a 13 de março passado. 

Os juros a cinco anos também estavam a subir, para 0,876%, contra 0,873% na sexta-feira, e o mínimo de sempre de 0,823% a 12 de março.

Em sentido contrário, os juros a dois anos estavam a recuar para 0,080%, um mínimo de sempre e contra 0,099% na sexta-feira. 

A 09 de março passado, o Banco Central Europeu (BCE) arrancou com um programa sem precedentes de compra de dívidas soberanas e privadas, que vai permitir injetar 60 mil milhões de euros por mês, até, pelo menos, setembro de 2016, na economia da zona euro na esperança de a redinamizar.        

Os efeitos do programa fizeram sentir-se por antecipação há várias semanas nas taxas de juro das dívidas soberanas, que evoluem em sentido inverso ao da procura e têm renovado mínimos diariamente. Algumas das taxas tornaram-se negativas nos prazos mais curtos, ou seja, os investidores estão dispostos a pagar para deter estes títulos considerados muito seguros.   

A 17 de maio de 2014, Portugal abandonou oficialmente o resgate sem qualquer programa cautelar.

O programa de ajustamento solicitado por Portugal à 'troika' (Comissão Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional), no valor de 78 mil milhões de euros, esteve em vigor durante cerca de três anos.

Os juros da dívida soberana da Irlanda estavam a desceer a cinco e dez anos, enquanto os de Itália e de Espanha estavam a subir em todos os prazos. 

Em relação aos juros da Grécia, estes estavam a descer cinco e a subir a dez anos, para valores em torno dos 16,3% e de 11,4%, respetivamente.



Juros da dívida soberana em Portugal, Grécia, Irlanda, Itália e Espanha cerca das 08:40:



           2 anos... 5 anos... 10 anos 

 
Portugal 



23/03..... 0,080......0,876....1,646

20/03..... 0,099......0,873....1,633


Grécia 



23/03..... n disp....16,331...11,493

20/03..... n disp....16,422...11,345


Irlanda



23/03......n disp......0,222....0,768

20/03......n disp......0,226....0,774



Itália



23/03......0,245......0,572....1,225

20/03......0,230......0,551....1,204

 

Espanha



23/03......0,104......0,552....1,202

20/03......0,096......0,548....1,181



Fonte: Bloomberg Valores de 'bid' (juros exigidos pelos investidores para comprarem dívida) que compara com fecho da última sessão.

  • Michelle Obama partilhou momento de despedida da Casa Branca
    1:43
  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Trabalhadores da saúde iniciam greve nacional

    País

    Trabalhadores da saúde estão esta sexta-feira a cumprir uma greve a nível nacional para reivindicar a admissão de novos profissionais, exigir a criação de carreiras e a aplicação das 35 horas semanais a todos os funcionários do setor.

  • Portugal a tremer de frio
    3:07

    País

    Portugal continua a registar temperaturas negativas, sobretudo no Norte do país. Em Trás-os-Montes, por exemplo, marcaram mínimas de 11 graus abaixo de zero e os termómetros desceram tanto que congelaram rios, canalizações de água e até aquecimentos de escolas. Mas nem tudo é mau pois os produtores falam em boa época para curar fumeiro.

  • Juiz brasileiro morto em acidente aéreo investigava corrupção na Petrobras
    1:28
  • Zoo da Indonésia acusado de querer matar ursos à fome

    Mundo

    Um grupo de ativistas da Indonésia acusa o Jardim Zoológico de Bandung de estar a matar à fome os seus animais, incluindo os ursos-do-sol, para ser fechado. Um vídeo recentemente publicado mostra os ursos, que aparecem muito magros e a implorar por comida.

  • Podem as plantas ver, ouvir e até reagir?

    Mundo

    Um professor de Ciências Vegetais da Universidade de Missouri, nos Estados Unidos, passou quatro décadas a investigar as relações entre vegetais e insetos. Na visão de Jack Schultz, as plantas são "como animais muito lentos", que conseguem ver, ouvir, cheirar e até têm comportamentos próprios.