sicnot

Perfil

Economia

Não havia irregularidades no aumento de capital do BES, afirma Carlos Tavares

O presidente da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) disse hoje que não havia irregularidades no aumento de capital do BES feito dois meses antes da medida de resolução.

lusa

"Não havia irregularidades no aumento de capital do BES", vincou Carlos Tavares, acrescentando que só se existissem irregularidades esse aumento poderia ter sido suspenso.

O presidente da CMVM falava na comissão parlamentar de inquérito à gestão do BES e do Grupo Espírito Santo (GES), onde está hoje a ser ouvido pela segunda vez desde o arranque dos trabalhos, em novembro do ano passado.

Tavares declarou não ter competência para suspender o aumento de capital do BES de maio de 2014, onde foram colocados 1.045 milhões de euros, numa operação tida pouco tempo antes da queda do banco e respetiva medida de resolução do Banco de Portugal.

A CMVM, sublinhou, aprova os prospetos de aumento de capital, não a operação em si.

A comissão de inquérito teve a primeira audição a 17 de novembro passado e hoje, além de Carlos Tavares, será ainda escutado o governador do Banco de Portugal, Carlos Costa.

A última audição prevista para a comissão de inquérito é a da ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque, que prestará novo depoimento perante os deputados na quarta-feira.

Os trabalhos dos parlamentares têm por objetivo "apurar as práticas da anterior gestão do BES, o papel dos auditores externos e as relações entre o BES e o conjunto de entidades integrantes do universo do GES, designadamente os métodos e veículos utilizados pelo BES para financiar essas entidades".

  • Cristas acusa Costa de mentir sobre acordo da concertação social
    3:01

    Economia

    A presidente do CDS acusou esta terça-feira o primeiro-ministro de mentir no debate quinzenal, ao dizer que o acordo da concertação social já estava assinado. Foi o momento mais aceso, com Assunção Cristas a dizer que António Costa não tem condições para chefiar o Governo.

  • Trump prestará juramento com a duas bíblias

    Mundo

    Donald Trump prestará juramento, na próxima sexta-feira, como o 45.º Presidente dos Estados Unidos, usando duas Bíblias - a sua, oferecida pela sua mãe, e a que Abraham Lincoln usou na sua posse, há 150 anos.

  • Esta foto pode salvar a sua vida

    Mundo

    Podemos até estar familiarizados com os sinais do cancro da mama, mas quando se trata de identificar sintomas visuais nos nossos próprios seios, já não é tão fácil. Por isto, uma designer resolveu mostrar como descobrir sinais através de uma ajuda improvável: limões.

    Rita Ferro Alvim