sicnot

Perfil

Economia

Ministra presta hoje esclarecimentos no Parlamento sobre caso da lista VIP

A ministra das Finanças vai ser hoje ouvida na Comissão de Orçamento e Finanças e Administração Pública, onde irá prestar esclarecimentos sobre o caso da lista de contribuintes VIP.

TIAGO PETINGA/ LUSA

Maria Luis Albuquerque vai ao Parlamento no âmbito de audições periódicas mas já indicou que vai falar sobre o caso. Ontem, a ministra disse que mantém a confiança política no secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Paulo Núncio, que nega ter tido conhecimento da criação da lista VIP no fisco. 

  • Paulo Núncio de "consciência tranquila"
    1:20

    Economia

    O secretário de Estado dos Assuntos Fiscais diz que está de "consciência tranquila" e que vai aguardar serenamente pelo resultado do inquérito que está a ser realizado pela Inspeção Geral de Finanças. Paulo Núncio sublinha que o relatório hoje divulgada pela revista Visão, a propósito da lista de contribuintes VIP, já tinha sido referido no Parlamento pelos responsáveis da Autoridade Tributária.

  • Albuquerque mantém confiança em Núncio
    1:06

    Economia

    A ministra das Finanças mantém a confiança no secretário de Estado dos Assuntos Fiscais e na Autoridade Tributária. Maria Luis Albuquerque pede que se espere com serenidade pelos resultados do inquérito da Inspeção Geral das Finanças e aponta para novas explicações amanhã no Parlamento, durante a Comissão de Orçamento e Finanças, a propósito do caso da lista de contribuintes VIP.

  • Passos não comenta novos dados sobre lista VIP
    2:26

    Economia

    O primeiro-ministro não quis comentar hoje os novos dados sobre a lista de contribuintes VIP. O Sindicato dos Trabalhadores dos Impostos garante agora que a lista tinha apenas quatro nomes: Passos Coelho, Paulo Portas, Cavaco Silva e Paulo Núncio.

  • As zonas de guerra que o fogo deixou
    3:13

    País

    A chuva finalmente ajudou na luta contra as chamas e o que fica agora é um cenário de devastação no norte e centro do país. Morreram 37 pessoas, arderam centenas de casas e empresas e há críticas severas à falta de meios.

  • CDS avança com moção de censura ao Governo

    País

    A líder do CDS anunciou hoje que o partido vai apresentar uma moção de censura ao Governo, na sequência dos incêndios que fizeram 37 mortos desde domingo, quatro meses depois da tragédia de Pedrógão Grande.

    Em atualização

  • O mapa das vítimas dos incêndios
    1:19

    País

    Aumentou para 37 o número de mortes na sequência dos fogos que assolaram a zona Centro do país desde o fim de semana. Feridos são pelo menos 71. Atualizamos aqui o mapa, segundo o último balanço da Proteção Civil.

  • Visto do céu, Portugal é um país que se vestiu de negro
    3:28
  • Homem morreu ao tentar salvar animais das chamas
    2:30
  • "Estou a ficar sem água, vai ser um trabalho inglório"
    1:06
  • Há uma semana que as florestas ardem na Califórnia
    1:34