sicnot

Perfil

Economia

Críticas entre Berlim e Atenas fazem jogo dos inimigos da Europa, diz Varoufakis

O ministro das Finanças grego, Yanis Varoufakis, considerou hoje que as trocas de acusações entre a Alemanha e a Grécia servem apenas os inimigos da Europa, apelando, num artigo publicado no jornal Handelsblatt, à melhoria das relações bilaterais. 

(Reuters/ Arquivo)

(Reuters/ Arquivo)

© Alkis Konstantinidis / Reuter

"Só os inimigos da Europa beneficiam" desta troca de acusações reciprocas, entre Berlim e Atenas, que aumentaram de intensidade com a chegada ao poder, no final de janeiro, de um Governo grego de esquerda radical, escreveu o ministro, invocado uma "animosidade aberta" entre gregos e alemães.

"Isso deve acabar. E apenas então, a Grécia, com o apoio dos seus parceiros europeus, que também têm interesse na sua recuperação económica, poderá concentrar-se na aplicação de reformas eficazes e numa estratégia política geradora de crescimento", acrescenta o ministro. 

O Governo grego encerrou na sexta-feira a lista detalhada das reformas que se tinha comprometido a apresentar aos parceiros da zona euro para obter um pagamento antecipado do resgate pendente e evitar o colapso.

Face à crise de liquidez que o país atravessa, a Grécia tem de chegar rapidamente a acordo com os parceiros da zona euro para que seja possível antes de finais de abril um desembolso parcial do montante que foi emprestado ao país de forma a evitar a bancarrota.

Atualmente, a Grécia só acede a fundos através do mecanismo urgente de liquidez do BCE.

A 20 de março, dias antes da primeira visita do primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, à chanceler alemã Angela Merkel, Yanis Varoufakis já tinha lançado, no seu blogue, um apelo ao apaziguamento das relações entre Berlim e Atenas. 



Lusa
  • "Estou a ficar sem água, vai ser um trabalho inglório"
    1:06

    País

    A SIC teve acesso a comunicações entre operacionais que estavam no terreno a combater os incêndios no distrito de Viseu. Nestes registos áudio, é percetível a falta de meios no terreno ou até mesmo estradas que não foram cortadas porque não havia elementos da GNR disponíveis.

  • "Quem está no Governo tem sérias responsabilidades"
    1:07

    Opinião

    Pacheco Pereira aponta falhas do Estado, dos bombeiros e da Proteção Civil como causa dos incêndios que assolaram o país no passado domingo. O comentador da SIC considera que o Governo tem responsabilidade perante o que aconteceu.

  • Um retrato devastador do "pior dia do ano"
    2:47