sicnot

Perfil

Economia

O primeiro gin tinto do mundo é de Valença

O primeiro gin tinto do mundo, produzido por um empresa de Valença, começou hoje a ser distribuído para o mercado nacional. E 600 das cinco mil primeiras garrafas do Tinto Gin Premium seguem para Angola.

Tinto Gin Premium/Facebook

"Vamos carregar a primeira palete para Angola e vamos entregar hoje aos distribuidores nacionais. Foi um processo um bocado acelerado porque o mercado da Bélgica e França estava a fazer uma pressão muito grande", afirmou à Lusa João Guterres.

O empresário adiantou que aquele produto "cumpre as regras exigidas para este tipo de bebidas" e que os primeiros cinco mil litros que produziu "estão todos vendidos", com um preço de 29.80 euros.

"Se vender 15 mil garrafas este ano já vou ficar contente", disse, adiantando que já tem " ingredientes em maceração para poder produzir mais cinco mil litros".

Ligado ao sector há 50 anos, João Guterres, de 63 anos de idade, adiantou que a ideia de produzir um gin tinto começou há cerca de um ano e meio.

"Comecei a recolher frutos e plantas aromáticas de Valença e comecei a fazer experiências", explicou o empresário que também lidera a Confraria da Lampreia do rio Minho.

Para produzir o novo gin utilizou as instalações de uma empresa de Valença, licenciada para a produção de vinho e investiu na aquisição da matéria prima.

A produção da nova bebida implicou, nesta fase, a criação de dois novos postos de trabalho.

Além de deter uma empresa de distribuição de bebidas e de possuir "alguma formação em destilação", João Guterres adiantou que a "forte" ligação que tem com a gastronomia e os produtos endógenos da região foram decisivos no processo de criação da nova bebida.

"O mundo das bebidas fascina-me. A minha empresa foi pioneira a trazer gin da Galiza para Portugal e para os países de língua oficial portuguesa. Um dia comecei a fazer experiências e é como na gastronomia. Neste caso a base é o álcool e depois é tudo criatividade", disse.

O novo gin tem 14 ingredientes, entre eles, o aneto, loureiro, nevêda, folha de salgueiro, flor de sabugueiro, ervas de São Roberto, erva cidreira, Lúcia Lima, folha de eucalipto, o alecrim, alfazema, e o cítrico da casca da laranja verde, papoilas e amoras silvestres e perico, um fruto típico de Valença. 

"É um gin muito peculiar e muito mais afrutado. É um gin que apaixona mesmo as pessoas que normalmente não gostam. Pode ser servido como aperitivo ou digestivo", explicou.

Apesar das várias provas que promoveu, João Guterres vai fazer a apresentação pública do Tinto Gin Premium no próximo dia 23 de abril em Valença.

"Foi em Valença que ele nasceu e é em Valença que tem que se dado a conhecer ao mundo", afirmou.



Lusa
  • Passos nega que resultado das autárquicas ponham em causa liderança do PSD
    7:46
  • PS e PSD trocam acusações sobre Tancos
    1:18
  • Homens vítimas de violência doméstica
    31:17
  • Marcelo mergulha na baía de Luanda
    0:45
  • Marcelo garante que relações com Angola "estão vivas"
    1:50

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa sublinhou esta segunda-feira as boas relações entre Portugal e Angola. À chegada a Luanda para a posse do novo Presidente angolano João Lourenço, o chefe de Estado português aproveitou para tomar um banho de mar.

  • Défice chegou aos 2.034 milhões em agosto
    1:51

    Economia

    O défice do Estado caiu 1.900 milhões de euros até agosto, em comparação com o ano passado. A recuperação da economia ajudou a baixar o défice, com mais receitas e impostos acima do esperado. Já a despesa pública ficou praticamente inalterada e os pagamentos do Estado em atraso subiram.

  • Morreu a egípcia que chegou a pesar 500 quilos

    Mundo

    A egípcia Eman Ahmed Abd El Aty, de 37 anos, que chegou a pesar 500 quilos, morreu num hospital de Abu Dabi, nos Emirados Árabes Unidos, devido a complicações cardíacas na sequência do seu excesso de peso.