sicnot

Perfil

Economia

Recibos de renda eletrónicos obrigatórios a partir de maio

A partir de maio, todos os senhorios com rendas mensais superiores a 70 euros vão ser obrigados a emitir recibos electrónicos através do Portal das Finanças. A regra é válida para todos os proprietários com rendimentos de renda superiores a 838,44 euros anuais, segundo o Jornal de Negócios. A única excepção vai para o regime de arrendamento rural e para os senhorios com idade superior a 65 anos, embora estes tenham também de apresentar uma declaração anual.

REUTERS

Desta forma, o Governo procura obter um maior controlo sobre estes rendimentos. Além disso, para que os inquilinos possam deduzir as rendas no IRS, é preciso que os senhorios comuniquem ao Fisco quanto recebem.

De acordo com a edição de hoje do Jornal de Negócios, as novas regras sobre recibos eletrónicos foram criadas com a reforma do IRS, em vigor desde janeiro de 2015, mas que ainda não se sabia como iria ser concretizada. A portaria deverá ser publicada nos próximos dias e terá efeitos imediatos.

Além da exceção quanto ao valor, revela o Negócios que também os senhorios com idade igual ou superior a 65 anos podem optar por não o fazer. Quem não passar o recibo eletrónico fica obrigado a entregar uma declaração anual de rendas, a entregar nas finanças até 31 de janeiro do ano seguinte, em papel ou pela internet.

De fora, o fisco estima que ficam cerca de 60 mil senhorios.


Com Lusa
  • Universidade de Aveiro quer estudar cachalote-pigmeu que deu à costa em Lisboa

    País

    Um cachalote-pigmeu com dois metros de comprimento deu hoje à costa em Lisboa. O animal ainda estava vivo quando foi dado o alerta para o Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, mas morreu pouco tempo depois. O Laboratório para a Inovação e Sustentabilidade dos Recursos Biológicos Marinhos da Universidade de Aveiro quer perceber porque razão o animal apareceu tão perto da costa.

  • Governo lança linha de crédito de 100 M€ para empresas situadas no interior

    País

    As políticas de valorização do interior, tema escolhido pelo primeiro-ministro, António Costa, abriram o debate quinzenal na Assembleia da República. O primeiro-ministro anunciou que o Governo vai lançar uma linha de crédito de 100 milhões de euros destinada exclusivamente a pequenas e microempresas empresas situadas no interior, a par da reprogramação do Portugal 20/20.

    Direto

  • PSD compara SNS a um "cenário de guerra", Centeno desdramatiza
    2:44

    Economia

    O ministro das Finanças esteve esta amanhã no Parlamento e voltou a não comprometer-se com aumentos salariais na função pública no próximo ano. Deu mesmo a entender que a medida não é prioritária. A discussão passou também pelo Serviço Nacional de Saúde. Centeno desdramatizou as carências mas o PSD comparou o que s passa a um cenário de guerra.

  • Governo lança linha de crédito de 100 M€ para empresas situadas no interior

    País

    As políticas de valorização do interior, tema escolhido pelo primeiro-ministro, António Costa, abriram o debate quinzenal na Assembleia da República. O primeiro-ministro anunciou que o Governo vai lançar uma linha de crédito de 100 milhões de euros destinada exclusivamente a pequenas e microempresas empresas situadas no interior, a par da reprogramação do Portugal 20/20.

    Direto

  • 14 sacerdotes suspensos por abusos sexuais no Chile

    Mundo

    A diocese da cidade chilena de Rancagua anunciou na terça-feira a suspensão de 14 sacerdotes implicados num novo escândalo de abusos sexuais sobre jovens e menores. Todos eles pertenciam a um grupo de se autointitulou de "La Familia", segundo a investigação jornalística.