sicnot

Perfil

Economia

Último dia para trabalhadores dependentes e pensionistas entregarem IRS em papel

Os trabalhadores dependentes e os pensionistas têm até hoje para entregar, em papel, as declarações de IRS de 2014, mas se optarem pela Internet podem fazê-lo até ao final de abril, segundo informação da Autoridade Tributária (AT).

(SIC/ Arquivo)

(SIC/ Arquivo)

A primeira fase de entrega, que começou no início de março e termina hoje, aplica-se à entrega em papel das declarações de Imposto sobre o Rendimento de Pessoas Singulares (IRS) dos sujeitos passivos com rendimentos das categorias A (trabalhado dependente) e H (pensionistas).

Estes contribuintes têm agora mais um mês, até dia 30 de abril, para entregar as declarações de IRS através do Portal das Finanças na Internet, em www.portaldasfinancas.gov.pt. 

Já os trabalhadores que aufiram rendimentos de outras categorias, como a B (correspondente ao trabalho independente), têm até ao final de abril para entregar as declarações relativas ao ano passado em papel e até 31 de maio para as enviar através do Portal das Finanças.

Os calendários de entrega de declarações do IRS estão disponíveis na página da Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) na Internet.

Lusa
  • "O bom senso obriga a acordo para a estabilização do sistema financeiro"
    2:06

    Economia

    O Presidente da República disse esta quarta-feira que "o bom senso obriga a que todos estejam de acordo para a estabilização do sistema financeiro". Num aparente recado a Passos Coelho, Marcelo apelou a um consenso de regime e avisou que "não há prazer tático que justifique o desgaste" provocado pelas divisões atuais.

  • Uma alternativa aos serviços de enfermagem ao domicílio
    7:34
  • Familiares de vítimas procuram destroços do MH370
    1:48

    Voo MH370

    Um grupo de familiares das vítimas do avião das linhas aéreas da Malásia, desaparecido em 2014, procuram destroços do aparelho em Madagáscar. As autoridades malaias estudam a posssibilidade de uma nova operação de buscas.

  • Primeiro-ministro em lágrimas ao reencontrar refugiado que recebeu no Canadá em 2015

    Mundo

    Justin Trudeau desfez-se em lágrimas no reencontro com um refugiado sírio, que ele recebeu no Canadá em 2015. No ano passado, Trudeau recebeu pessoalmente os refugiados no aeroporto, onde foi visto a entregar casacos de inverno aos migrantes. Esta segunda-feira, o primeiro-ministro conheceu algumas das famílias que se estabeleceram no país, numa reunião filmada pela emissora canadiana CBC.