sicnot

Perfil

Economia

Último dia para trabalhadores dependentes e pensionistas entregarem IRS em papel

Os trabalhadores dependentes e os pensionistas têm até hoje para entregar, em papel, as declarações de IRS de 2014, mas se optarem pela Internet podem fazê-lo até ao final de abril, segundo informação da Autoridade Tributária (AT).

(SIC/ Arquivo)

(SIC/ Arquivo)

A primeira fase de entrega, que começou no início de março e termina hoje, aplica-se à entrega em papel das declarações de Imposto sobre o Rendimento de Pessoas Singulares (IRS) dos sujeitos passivos com rendimentos das categorias A (trabalhado dependente) e H (pensionistas).

Estes contribuintes têm agora mais um mês, até dia 30 de abril, para entregar as declarações de IRS através do Portal das Finanças na Internet, em www.portaldasfinancas.gov.pt. 

Já os trabalhadores que aufiram rendimentos de outras categorias, como a B (correspondente ao trabalho independente), têm até ao final de abril para entregar as declarações relativas ao ano passado em papel e até 31 de maio para as enviar através do Portal das Finanças.

Os calendários de entrega de declarações do IRS estão disponíveis na página da Autoridade Tributária e Aduaneira (AT) na Internet.

Lusa
  • Francês detido em Antuérpia "queria matar"

    Mundo

    O Presidente de França François Hollande afirmou que o francês detido esta quinta-feira por conduzir um automóvel a grande velocidade na principal rua pedonal de Antuérpia, na Bélgica, "queria matar" ou "provocar um acontecimento dramático".

  • Mais de 20 milhões estão a morrer à fome em África

    Mundo

    África enfrenta a maior crise desde 1945, com mais de 20 milhões de pessoas a morrer de fome em três países, Sudão do Sul, Somália e Nigéria, disse esta quinta-feira um responsável do Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas.

  • Menina "rouba" chapéu ao Papa
    0:27
  • Jovem violada em direto no Facebook não se sente em segurança

    Mundo

    A jovem de 15 anos que foi abusada sexualmente por cinco ou seis homens durante um vídeo em direto para o Facebook está a receber tratamento. A mãe da jovem deu uma entrevista, na qual disse que a filha já não se sente em segurança na sua vizinhança, depois de receber ameaças na internet.