sicnot

Perfil

Economia

Morreu o economista José da Silva Lopes

O economista e antigo ministro das Finanças José Silva Lopes morreu esta quinta-feira aos 82 anos, informou o Banco de Portugal, numa nota de pesar à família daquele que também foi governador da instituição.

Ministro das Finanças, governador do Banco de Portugal, administrador do Banco Europeu para a Reconstrução e o Desenvolvimento (BERD), representante de Portugal junto do Banco Mundial ou presidente do Conselho Económico e Social foram alguns dos cargos desempenhados por Silva Lopes. (Arquivo)

Ministro das Finanças, governador do Banco de Portugal, administrador do Banco Europeu para a Reconstrução e o Desenvolvimento (BERD), representante de Portugal junto do Banco Mundial ou presidente do Conselho Económico e Social foram alguns dos cargos desempenhados por Silva Lopes. (Arquivo)

Lusa

"O governador e os membros do Conselho de Administração do Banco de Portugal endereçam à família do doutor José da Silva Lopes, hoje falecido, o seu voto de mais profundo pesar", refere a nota da instituição liderada por Carlos Costa.

Silva Lopes "foi um dos mais eminentes e reconhecidos economistas portugueses do século XX, tendo sido um atento investigador da economia nacional", destaca o Banco de Portugal (BdP), apontando que o economista, nascido em maio de 1932 "desempenhou prestigiados cargos".

Ministro das Finanças, governador do Banco de Portugal, administrador do Banco Europeu para a Reconstrução e o Desenvolvimento (BERD), representante de Portugal junto do Banco Mundial ou presidente do Conselho Económico e Social foram alguns dos cargos desempenhados por Silva Lopes.

"Hoje era ainda membro por inerência do Conselho consultivo do Banco de Portugal", salienta o BdP na nota.

José Silva Lopes, que foi governador do BdP entre 1975 e 1980, "conduziu a gestão do banco central num momento particularmente difícil da história económica e financeira recente do país".

Enquanto governador, "foi responsável pela introdução em Portugal do regime cambial de 'crawling-peg' (ou seja, de desvalorizações programadas do escudo), que ajudou a ultrapassar o período de profunda instabilidade macroeconómica vivido na sequência do primeiro choque petrolífero e da mudança de regime", salienta o BdP.

Silva Lopes "contribuiu ainda decisivamente para que, nos anos seguintes, o Banco de Portugal se afirmasse como um centro de excelência na análise económica e foi determinante para o reforço do prestígio da investigação económica realizada na instituição", acrescenta.

Nos anos 90, "teve também um papel fundamental na reformulação da legislação aplicável ao sistema financeiro português", sublinha a instituição, acrescentando que "nas sua relações pessoais e profissionais" Silva Lopes "cultivou sempre a vertente humana, a franqueza e a amizade".

O Conselho de Administração do BdP "promoverá oportunamente a realização de uma conferência internacional" em sua memória, conclui o BdP.

Com Lusa
  • Não há risco de colapso do viaduto de Alcântara
    1:35

    País

    O desvio de um pilar do viaduto de Alcântara obrigou esta quarta-feira ao corte do trânsito e da circulação de comboios da linha de Cascais. O estrago terá sido provocado por um camião que embateu na estrutura. A circulação ferroviária foi retomada a meio da manhã, mas o viaduto só será reaberto esta quinta-feira.

  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Romeu e Julieta nasceram no mesmo dia e no mesmo hospital

    Mundo

    Na Carolina do Sul, nos EUA, dois bebés tinham o parto marcado para 26 de março mas decidiram nascer mais cedo: exatamente no mesmo dia, apenas com uma diferença de 18 horas. Os pais não se conheciam e, curiosamente, deram o nome aos recém nascidos de Romeo e Juliet (em português, Romeu e Julieta).

  • Gelo nos polos recua para recordes mínimos

    Mundo

    A extensão de gelo polar dos oceanos Ártico e Antártico atingiu recordes mínimos a 13 de fevereiro, perdendo o equivalente a uma área maior do que o México, informou esta quarta-feira a agência espacial norte-americana NASA.

  • Túmulo de Jesus Cristo restaurado

    Mundo

    Após 10 meses de obras de restauro, o túmulo onde Jesus Cristo terá sido sepultado foi esta quarta-feira revelado numa cerimónia na igreja do Santo Sepulcro, em Jerusalém.