sicnot

Perfil

Economia

Morreu o economista José da Silva Lopes

O economista e antigo ministro das Finanças José Silva Lopes morreu esta quinta-feira aos 82 anos, informou o Banco de Portugal, numa nota de pesar à família daquele que também foi governador da instituição.

Ministro das Finanças, governador do Banco de Portugal, administrador do Banco Europeu para a Reconstrução e o Desenvolvimento (BERD), representante de Portugal junto do Banco Mundial ou presidente do Conselho Económico e Social foram alguns dos cargos desempenhados por Silva Lopes. (Arquivo)

Ministro das Finanças, governador do Banco de Portugal, administrador do Banco Europeu para a Reconstrução e o Desenvolvimento (BERD), representante de Portugal junto do Banco Mundial ou presidente do Conselho Económico e Social foram alguns dos cargos desempenhados por Silva Lopes. (Arquivo)

Lusa

"O governador e os membros do Conselho de Administração do Banco de Portugal endereçam à família do doutor José da Silva Lopes, hoje falecido, o seu voto de mais profundo pesar", refere a nota da instituição liderada por Carlos Costa.

Silva Lopes "foi um dos mais eminentes e reconhecidos economistas portugueses do século XX, tendo sido um atento investigador da economia nacional", destaca o Banco de Portugal (BdP), apontando que o economista, nascido em maio de 1932 "desempenhou prestigiados cargos".

Ministro das Finanças, governador do Banco de Portugal, administrador do Banco Europeu para a Reconstrução e o Desenvolvimento (BERD), representante de Portugal junto do Banco Mundial ou presidente do Conselho Económico e Social foram alguns dos cargos desempenhados por Silva Lopes.

"Hoje era ainda membro por inerência do Conselho consultivo do Banco de Portugal", salienta o BdP na nota.

José Silva Lopes, que foi governador do BdP entre 1975 e 1980, "conduziu a gestão do banco central num momento particularmente difícil da história económica e financeira recente do país".

Enquanto governador, "foi responsável pela introdução em Portugal do regime cambial de 'crawling-peg' (ou seja, de desvalorizações programadas do escudo), que ajudou a ultrapassar o período de profunda instabilidade macroeconómica vivido na sequência do primeiro choque petrolífero e da mudança de regime", salienta o BdP.

Silva Lopes "contribuiu ainda decisivamente para que, nos anos seguintes, o Banco de Portugal se afirmasse como um centro de excelência na análise económica e foi determinante para o reforço do prestígio da investigação económica realizada na instituição", acrescenta.

Nos anos 90, "teve também um papel fundamental na reformulação da legislação aplicável ao sistema financeiro português", sublinha a instituição, acrescentando que "nas sua relações pessoais e profissionais" Silva Lopes "cultivou sempre a vertente humana, a franqueza e a amizade".

O Conselho de Administração do BdP "promoverá oportunamente a realização de uma conferência internacional" em sua memória, conclui o BdP.

Com Lusa
  • SIC faz-se à estrada para ouvir eleitores
    2:13
  • Furacão Maria ameaça Ilhas Virgens e Porto Rico

    Mundo

    O furacão Maria "potencialmente catastrófico" está a ameaçar as Ilhas Virgens e o Porto Rico, depois de esta terça-feira ter semeado a destruição na Dominica e provocado um morto e dois desaparecidos na ilha francesa de Guadalupe.

  • Pistolas Nerf podem causar graves lesões nos olhos

    Mundo

    As balas das pistolas Nerf, quando atingem os olhos, podem causar graves lesões. O aviso é de um grupo de médicos de Londres, que recomenda a utilização de óculos protetores e o aumento da idade mínima para a utilização dos brinquedos.

    SIC

  • Investigadores descobrem como transformar gordura "má" em gordura "boa"

    Mundo

    Uma equipa de investigadores da Universidade de Washington, Estados Unidos, descobriu como converter a gordura corporal "má" em gordura "boa", permitindo queimar mais calorias e atrasar o aumento de peso, num estudo conduzido em ratos. Estes resultados abrem caminho para a possibilidade de desenvolver tratamentos mais eficazes para a obesidade e para a diabetes associada ao aumento de peso em pessoas, segundo os autores.

  • Escola na Croácia usa imagem de Melania Trump para chamar alunos

    Mundo

    "Imagine até onde pode ir com um pouco de inglês", foi com estas palavras que uma escola de inglês da Croácia decidiu promover as suas aulas, juntando ainda a fotografia de Melania Trump ao placard do anúncio. Agora, a primeira-dama norte-americana ameaça levar o Instituo Americki a tribunal. Entretanto, o placard já foi retirado do local.

    SIC