sicnot

Perfil

Economia

Uma centena de viagens de comboio já foi anulada hoje devido à greve na CP

Uma centena das 126 ligações de comboios previstas para hoje até às 08:00 foram canceladas devido à greve dos trabalhadores da CP -- Comboios de Portugal, revelou hoje da empresa.

(Lusa/Arquivo)

(Lusa/Arquivo)

LUSA

Até às 08:00 da manhã estavam previstas 126 viagens, mas realizaram-se apenas 26, devido à greve ao trabalho em dia de feriado convocada pela Federação do Sindicato dos Transportes e Comunicações (FECTRANS) à qual se veio juntar um apelo do sindicado dos revisores para que os seus associados também aderissem ao protesto.

Já durante toda a quinta-feira, o primeiro dia de greve dos revisores da CP, nove em cada dez viagens também não se realizaram: das 1.407 circulações previstas, foram feitas 165 (11,7%), disse à Lusa fonte oficial da CP. 

Tal como na quinta-feira, também hoje as circulações menos afetadas foram as dos Intercidades e Alfa Pendular e, em contrapartida, as mais atingidas foram os comboios urbanos e regionais. 

Os revisores CP agendaram dois dias de greve (na quinta e próxima segunda-feira) para reclamar o cumprimento da decisão dos tribunais relativa ao pagamento dos complementos nos subsídios desde 1996.

Além dos dois dias de greve convocados pelo Sindicato Ferroviário da Revisão Comercial Itinerante (SFRCI), o sindicato apelou aos seus associados que se juntassem ao protesto do Sindicato Nacional dos Trabalhadores do Setor Ferroviário (SNTSF), que tem agendadas paralisações às horas extraordinárias e aos feriados e que decorre há já vários meses.

As perturbações na circulação são agravadas pela recusa de fixação de serviços mínimos pelo Tribunal Arbitral, nomeado pelo Conselho Económico e Social. 










Lusa
  • "É pesado dizer a miúdos que ainda ontem os pais estavam a ensinar o atar ténis que vão ficar em prisão preventiva"
    2:49
  • Pecado da gula ameaça maior anfíbio do mundo

    Mundo

    O maior anfíbio do mundo está em sério risco de extinção. Iguaria muito apreciada no Oriente, a salamandra-gigante-da-China já praticamente desapareceu do seu habitat natural, concluiu uma pesquisa realizada durante quatro anos. Em contraste, milhões destes animais são reproduzidos em cativeiro e têm como destino restaurantes de luxo.

  • Reclusos limpam Ria Formosa
    3:01

    País

    Alguns reclusos do estabelecimento prisional de Olhão estão pela segunda vez a limpar a ilha da Armona, na Ria Formosa. São homens que beneficiam de regime aberto e, em fim de cumprimento de pena, têm com este trabalho uma amostra da liberdade que tanto aguardam.