sicnot

Perfil

Economia

Greve na CP cancelou 278 viagens de comboio até ao meio-dia das 310 previstas

A greve dos trabalhadores da CP provocou hoje a anulação de 278 das 310 viagens de comboio previstas até ao meio-dia, isto é, apenas circularam 32 comboios, cerca de 10% do total, avançou à Lusa fonte oficial da empresa.

(Lusa/Arquivo)

(Lusa/Arquivo)

LUSA

"Hoje está a ser um dia complicado, com a greve a ter um impacto bastante grave ao nível das circulações, sobretudo, dos comboios regionais e urbanos", sublinhou a fonte da CP, acrescentando que a empresa está a fazer "os possíveis" para fazer circular os comboios com o pessoal que tem disponível.

A responsável revelou que para o dia de hoje estava prevista a realização de um total de 828 viagens de comboio, admitindo que a grande maioria não se concretize, tal como aconteceu nas últimas quinta-feira (greve dos revisores) e sexta-feira (greve dos trabalhadores aos dias de feriado e horas extraordinárias).

No sábado, como a greve foi apenas às horas extraordinárias, a grande maioria das viagens realizou-se.

Mas na segunda-feira há nova greve dos revisores e a CP está a contar com um grande número de supressões de viagens.

"Amanhã [segunda-feira] o impacto vai ser semelhante ao de quinta-feira e de sexta-feira. Prevemos um dia com muito poucas circulações", afirmou à Lusa a fonte da CP.

Na quinta-feira e na sexta-feira a percentagem de viagens anuladas ultrapassou os 80% e hoje ronda os 90%.

A paralisação de hoje foi convocada pela Federação do Sindicato dos Transportes e Comunicações (FECTRANS) e faz parte de uma ação que tem decorrido nos últimos meses de greve aos dias de feriado e horas extraordinárias.

Alguns revisores, que na quinta-feira fizeram um primeiro dia de greve, aderiram à ação de sexta-feira (feriado), de sábado (horas extraordinárias) e de hoje (feriado e horas extraordinárias), seguindo assim o apelo do Sindicato Ferroviário da Revisão e Comercial Itinerante (SNTSF).

Na segunda-feira, dia 06 de abril, cumpre-se o segundo dia de greve dos revisores da CP, convocada pelo SNTSF, prevendo-se, assim, um forte impacto na circulação dos comboios.







Lusa
  • Marine devolve bandeira do Japão 73 anos depois 
    2:13

    Mundo

    Setenta e três anos depois da batalha mais sangrenta do Pacífico, um veterano dos Estados Unidos cumpriu uma promessa pessoal. Marvin Strombo devolveu à família a bandeira da sorte de um soldado japonês, morto em 1944, em Saipan, na II Guerra Mundial. 

  • Autoridades usam elefantes para resgatar pessoas das cheias na Ásia
    1:31

    Mundo

    Mais de 215 pessoas morreram nas inundações que estão a devastar o centro da Ásia, e estima-se que três milhões tiveram de abandonar as casas. As autoridades estão a usar elefantes para resgatar locais e turistas das zonas mais afetadas e avisam que há dezenas de pessoas desaparecidas.