sicnot

Perfil

Economia

Banco central da China injeta 3.000 ME no mercado

Banco Popular da China, o banco central do país asiático (PBOC, na sigla em inglês), anunciou hoje uma injeção de liquidez no mercado de 20.000 milhões de yuan (2.958 milhões de euros).    

reuters

O banco central chinês vai efetivar a operação por via de acordos de recompra (conhecidos como "repos"), segundo a agência oficial Xinhua.

Em concreto, a entidade ofereceu "repos" -- acordo de recompra, em que um banco vende um ativo a curto prazo com a promessa de o recomprar posteriormente numa data fixada pagando um juro para além do valor do ativo -- a sete dias com uma taxa de 3,45%.

A anterior injeção, realizada em fevereiro último, foi mais elevada: 80.000 milhões de yuan (11.837 milhões de euros).

  • "É pesado dizer a miúdos que ainda ontem os pais estavam a ensinar o atar ténis que vão ficar em prisão preventiva"
    2:49
  • Pecado da gula ameaça maior anfíbio do mundo

    Mundo

    O maior anfíbio do mundo está em sério risco de extinção. Iguaria muito apreciada no Oriente, a salamandra-gigante-da-China já praticamente desapareceu do seu habitat natural, concluiu uma pesquisa realizada durante quatro anos. Em contraste, milhões de animais são reproduzidos em cativeiro e têm como destino restaurantes de luxo.

  • Gases tóxicos expelidos pelo Kilauea ameaçam a população no Havai
    1:51
  • Gilberto Gil cancela atuação em Israel

    Cultura

    O músico brasileiro Gilberto Gil cancelou a atuação que tinha marcada para Telavive, em Israel, no dia 4 de julho, na sequência de protestos em Gaza durante os quais o exército daquele país matou 60 palestinianos.