sicnot

Perfil

Economia

Marcha contra a privatização de empresas de transporte dia 22

 Os trabalhadores da Carris, do Metropolitano de Lisboa, da Transtejo e da Soflusa realizam a 22 de abril, em Lisboa, uma marcha "contra a privatização" daquelas quatro empresas de transportes, foi hoje anunciado.

A marcha foi definida hoje num encontro de representantes dos trabalhadores das quatro empresas, realizado em Lisboa e aberto à participação de comissões de reformados, autarquias e movimentos de utentes e cidadãos, refere a Federação do Sindicato dos Transportes e Comunicações (Fectrans), num comunicado hoje divulgado.

Os trabalhadores do Metro de Lisboa e da rodoviária Carris marcaram greves de 24 horas para sexta-feira, contra a subconcessão das empresas, que está em concurso.

O Governo já anunciou também a intenção de concessionar a privados o serviço de transportes fluviais no Tejo da Transtejo e da Soflusa.

   A marca do dia 22, marcada para as 10:00, terá início no Cais do Sodré e os trabalhadores convidam "as autarquias da região [de Lisboa] e, em particular, os seus presidentes, as comissões de utentes e todas as entidades e pessoas que se identifiquem com defesa de um serviço público de transportes e que se oponham à privatização destas empresas" a participar.

De acordo com a Fectrans, no encontro de hoje esteve presente o presidente da Câmara de Loures, Bernardino Soares, bem como representantes das câmaras de Almada e do Barreiro. 

Além disso, participaram elementos da Comissão de Reformados do Metro, do Movimento de Utentes dos Serviços Públicos, do Movimento Não TAP os Olhos, do movimento de Resistência à Troika e do SNPVAC -- Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil.

No encontro, os representantes dos trabalhadores decidiram também "realizar uma exposição ao Tribunal de Contas (acompanhada de um pedido para uma audiência urgente) e tornar público o conteúdo dessa exposição de denúncia dos mecanismos da parceria público-privada", bem como "lançar uma petição pública contra a privatização do Metro e da Carris, bem como de qualquer decisão nesse sentido que venha a ser tomada para a Transtejo e Soflusa".








Lusa
  • "Já só lhes resta uma coisa: bisbilhotar comunicações privadas"
    2:57

    Caso CGD

    O primeiro-ministro diz que o PSD atingiu o grau zero da política, quando chegou à "bisbilhotice" de querer ver as mensagens trocadas entre o ministro das Finanças e António Domingues. A polémica da Caixa Geral de Depósitos voltou a marcar o debate quinzenal, com António Costa a garantir que nunca esteve em causa a entrega de declarações da administração. Já o PSD e o CDS a acusaram o Governo de violar as regras da transparência e de oprimir os direitos da oposição.

  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • Técnica de defesa contra aperto de mão de Donald Trump
    1:39
  • Vídeo mostra aterragem de Harrison Ford que quase causou um desastre

    Mundo

    Harrison Ford quase provocou um grave acidente quando, ao pilotar um dos seus aviões, falhou a pista de aterragem e esteve muito perto de chocar contra um um Boeing 737, com mais de 100 pessoas a bordo. O incidente com o ator norte-americano, considerado um piloto experiente, aconteceu na passada segunda-feira, dia 13, no Condado de Orange, na Califórnia, e o momento foi captado em vídeo.

  • Descoberta nova espécie de primatas em Angola

    Mundo

    Uma equipa britânica de cientistas descobriu uma nova espécie de galagos anões, um primata pertencente à família dos galonídeos - comum na África subsariana -, na floresta ameaçada da Kumbira, localizada na província do Cuanza Sul, noroeste de Angola.

  • Vestidos da princesa Diana em exposição
    1:29

    Mundo

    As roupas mais emblemáticas da princesa Diana vão estar em exposição no Palácio de Kensington, em Londres, a partir de sexta-feira. O objetivo é mostrar a evolução do estilo da princesa de Gales, considerada um dos maiores ícones de moda de sempre.