sicnot

Perfil

Economia

Marcha contra a privatização de empresas de transporte dia 22

 Os trabalhadores da Carris, do Metropolitano de Lisboa, da Transtejo e da Soflusa realizam a 22 de abril, em Lisboa, uma marcha "contra a privatização" daquelas quatro empresas de transportes, foi hoje anunciado.

A marcha foi definida hoje num encontro de representantes dos trabalhadores das quatro empresas, realizado em Lisboa e aberto à participação de comissões de reformados, autarquias e movimentos de utentes e cidadãos, refere a Federação do Sindicato dos Transportes e Comunicações (Fectrans), num comunicado hoje divulgado.

Os trabalhadores do Metro de Lisboa e da rodoviária Carris marcaram greves de 24 horas para sexta-feira, contra a subconcessão das empresas, que está em concurso.

O Governo já anunciou também a intenção de concessionar a privados o serviço de transportes fluviais no Tejo da Transtejo e da Soflusa.

   A marca do dia 22, marcada para as 10:00, terá início no Cais do Sodré e os trabalhadores convidam "as autarquias da região [de Lisboa] e, em particular, os seus presidentes, as comissões de utentes e todas as entidades e pessoas que se identifiquem com defesa de um serviço público de transportes e que se oponham à privatização destas empresas" a participar.

De acordo com a Fectrans, no encontro de hoje esteve presente o presidente da Câmara de Loures, Bernardino Soares, bem como representantes das câmaras de Almada e do Barreiro. 

Além disso, participaram elementos da Comissão de Reformados do Metro, do Movimento de Utentes dos Serviços Públicos, do Movimento Não TAP os Olhos, do movimento de Resistência à Troika e do SNPVAC -- Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil.

No encontro, os representantes dos trabalhadores decidiram também "realizar uma exposição ao Tribunal de Contas (acompanhada de um pedido para uma audiência urgente) e tornar público o conteúdo dessa exposição de denúncia dos mecanismos da parceria público-privada", bem como "lançar uma petição pública contra a privatização do Metro e da Carris, bem como de qualquer decisão nesse sentido que venha a ser tomada para a Transtejo e Soflusa".








Lusa
  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.