sicnot

Perfil

Economia

Lesados do papel comercial "visitam" candidatos à compra do Novo Banco

Os lesados do papel comercial do Grupo Espírito Santo (GES) comprado aos balcões do antigo BES voltam hoje a manifestar-se, desta vez, fazendo uma ronda pelos candidatos à compra do Novo Banco.

A manifestação, organizada pela Associação dos Indignados e Enganados do Papel Comercial (AIEPC), iniciou-se no balcão do Novo Banco no Rossio, em Lisboa, e segue depois para os possíveis candidatos à compra da instituição financeira liderada por Eduardo Stock da Cunha.

O percurso inclui paragens, além do Novo Banco, no Banco Santander Totta, Apollo, Fosun e Anbang Insurance, quatro dos candidatos à compra do Novo Banco, segundo informações a circular na imprensa.

Após a concentração no Novo Banco do Rossio, os manifestantes irão dirigir-se para a sede do Banco Santander Totta, na rua do Ouro, subindo depois para a avenida da Liberdade, onde se encontra a sede da Tranquilidade, seguradora recentemente adquirida pela Apollo Management.

Os lesados do papel comercial do GES seguem depois para o largo do Rato, endereço da seguradora Tranquilidade, comprada pelos chineses da Fosun, um dos concorrentes à compra do Novo Banco. 

A visita termina na embaixada da China, na rua de São Caetano à Lapa, uma vez que um outro possível interessado, a seguradora Anbang, não tem interesses em Portugal.

Em comunicado, a AIEPC promete que os clientes lesados vão "'visitar as capelinhas' dos potenciais bancos compradores", mostrando a sua "indignação".

NOTA: Foi noticiado que a Associação dos Indignados e Enganados do Papel Comercial do GES iria ser recebida hoje pelo presidente da Republica, mas tal não se confirma.


Com Lusa
  • Avião cruza-se com drone a 900 metros de altitude
    2:01
  • Naufrágio na Colômbia registado em vídeo
    2:11
  • PSP descentraliza a regularização de armas
    3:55

    País

    A PSP de Bragança percorreu os 12 concelhos do distrito ao encontro dos proprietários de armas com vista à sua regularização. A iniciativa, que pretende evitar a deslocação das pessoas à capital de distrito, teve uma forte adesão.

  • O último adeus a Miguel Beleza

    País

    O velório do economista e ex-ministro das Finanças realiza-se esta segunda-feira na Igreja do Campo Grande, em Lisboa, a partir das 18h00.

  • Trump quebra tradição da Casa Branca com 20 anos

    Mundo

    Donald Trump decidiu não fazer um jantar de celebração pelo fim do Ramadão, o mês em que os muçulmanos cumprem jejum entre o nascer e o pôr do sol. O Presidente dos Estados Unidos quebrou a tradição da Casa Branca, pela primeira vez em 20 anos.