sicnot

Perfil

Economia

Costa acusa Passos de insistir no aumento da TSU para os trabalhadores

O secretário-geral do PS, António Costa, criticou hoje a intenção do primeiro-ministro de reduzir os custos do trabalho para as empresas, acusando Pedro Passos Coelho de insistir no aumento da Taxa Social Única (TSU) para os trabalhadores.

ESTELA SILVA

António Costa avisou, num encontro com militantes, em Bragança, que o PS não aceita um aumento da TSU aos trabalhadores para favorecer as empresas e questionou se "será aceitável reduzir esta contribuição antes de retirar o aumento da carga fiscal sobre os rendimentos do trabalho".

"Será justo voltar a reduzir as contribuições da Taxa Social Única [às empresas] antes de se reporem os antigos escalões do IRS [Imposto sobre o Rendimento Singular] que introduziram uma enorme distorção e que aumentaram a regressividade do IRS e constituíram um brutal aumento da carga fiscal sobre a classe média?", referiu o líder socialista.

O responsável questionou ainda a justiça desta medida antes de serem repostos "aqueles mínimos sociais que resultaram no corte do Rendimento Social de Inserção, do Complemento Social para Idosos, dos abonos de família".

Lusa
  • O dia em que o Brexit começa
    1:25

    Brexit

    A primeira-ministra britânica já assinou a carta que vai enviar ao Conselho Europeu para formalizar a vontade do Reino Unido de sair da União Europeia. O artigo 50.º do Tratado de Lisboa será ativado nas próximas horas. Na véspera, Theresa May recebeu da Escócia um novo contratempo político.

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45
  • Relação de Portugal com Angola é "insubstituível"
    1:00

    País

    Paulo Portas considera que a relação de Portugal com Angola é insubstituível. Numa entrevista ao Jornal de Negócios, o ex vice-primeiro-ministro defende que o país deve ser profissional no relacionamento político com Luanda.

  • Abertura da lagoa de Santo André atrai surfistas e bodyboarders
    4:15
  • Governo vai dar mais meios à investigação criminal
    2:34

    País

    A ministra da Justiça garante que o Governo vai dar mais meios à investigação criminal, mas assegura que não vai mexer nos prazos dos inquéritos. A questão tem sido insistentemente levantada pela defesa de José Sócrates, que se queixa de que a Operação Marquês já ultrapassou todos os prazos.

  • Tecnologia permite a tetraplégico mexer mão e braço

    Mundo

    Um homem que ficou tetraplégico num acidente voltou a mover-se com a ajuda da tecnologia e apenas usando o pensamento, num projeto de investigadores dos Estados Unidos divulgado esta terça-feira na revista especializada em medicina The Lancet.