sicnot

Perfil

Economia

TAP adverte pilotos para consequências financeiras negativas de eventual greve

A TAP informou hoje que o presidente do conselho de administração, Fernando Pinto, enviou uma carta aos pilotos da transportadora, na qual adverte para as consequências financeiras negativas que uma eventual greve pode ter na empresa.

(Arquivo)

(Arquivo)

Francisco Seco / AP

"Foi enviada uma comunicação aos pilotos", disse à agência Lusa fonte da transportadora portuguesa, salientando que a carta foi enviada no âmbito do diálogo regular que a empresa tem com os sindicatos, "agora com o grupo profissional dos pilotos".

Na carta, a administração sublinha, entre outros assuntos, as "consequências" negativas financeiras que uma eventual greve pode ter na empresa.

"Qualquer perturbação laboral pode prejudicar financeiramente a empresa", disse a mesma fonte.

Segundo a fonte, na carta é também explicado o "ponto de vista" da empresa sobre o acordo ratificado com o Governo a 23 de dezembro de 2014 e que agora foi contestado pelos pilotos, por alegado incumprimento.

O Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) marcou assembleias de empresa para quarta e quinta-feira, depois de considerar que o processo negocial entre o sindicato, a TAP e a PGA, no âmbito do compromisso subsidiário do acordo ratificado com o Governo em 23 de dezembro de 2014 chegou a um "impasse insanável".

Nas reuniões de quarta e quinta-feira caberá aos pilotos decidir os próximos passos, que podem incluir ações de luta, nomeadamente a greve, segundo o sindicato.

Num comunicado emitido a 08 de março, a direção do SPAC informou que "o processo negocial entre o SPAC, a TAP e a PGA, no âmbito do compromisso subsidiário do acordo ratificado com o Governo em 23 de dezembro de 2014 chegou a um impasse insanável, por motivos estritamente imputáveis à TAP, à PGA e ao Governo".






Lusa
  • Michelle Obama partilhou momento de despedida da Casa Branca
    1:43
  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Trabalhadores da saúde iniciam greve nacional

    País

    Trabalhadores da saúde estão esta sexta-feira a cumprir uma greve a nível nacional para reivindicar a admissão de novos profissionais, exigir a criação de carreiras e a aplicação das 35 horas semanais a todos os funcionários do setor.

  • Portugal a tremer de frio
    3:07

    País

    Portugal continua a registar temperaturas negativas, sobretudo no Norte do país. Em Trás-os-Montes, por exemplo, marcaram mínimas de 11 graus abaixo de zero e os termómetros desceram tanto que congelaram rios, canalizações de água e até aquecimentos de escolas. Mas nem tudo é mau pois os produtores falam em boa época para curar fumeiro.

  • Juiz brasileiro morto em acidente aéreo investigava corrupção na Petrobras
    1:28
  • Zoo da Indonésia acusado de querer matar ursos à fome

    Mundo

    Um grupo de ativistas da Indonésia acusa o Jardim Zoológico de Bandung de estar a matar à fome os seus animais, incluindo os ursos-do-sol, para ser fechado. Um vídeo recentemente publicado mostra os ursos, que aparecem muito magros e a implorar por comida.

  • Podem as plantas ver, ouvir e até reagir?

    Mundo

    Um professor de Ciências Vegetais da Universidade de Missouri, nos Estados Unidos, passou quatro décadas a investigar as relações entre vegetais e insetos. Na visão de Jack Schultz, as plantas são "como animais muito lentos", que conseguem ver, ouvir, cheirar e até têm comportamentos próprios.