sicnot

Perfil

Economia

Bruxelas investiga Google por suspeita de abuso de posição dominante

A Comissão Europeia abriu hoje uma investigação contra a Google por alegado abuso de posição dominante com o seu motor de busca nos telefones Android, anunciou a comissária europeia para a Concorrência, Margrethe Vestager.

(Reuters/ Arquivo)

(Reuters/ Arquivo)

© Chris Helgren / Reuters

Em causa está, segundo a comissária, a suspeita de que a multinacional favoreça o seu próprio serviço de comparação de preços, "violando as regras da União Europeia em matéria de acordos e de abuso de posição dominante".

Vestager salientou que Bruxelas está na disposição de ir até às últimas consequências, aplicando uma multa se se provar a má conduta da Google.

Bruxelas enviou à Google uma Comunicação de Objeções, alegando abuso de posição dominante por parte desta empresa nos mercados de serviços gerais de busca na Internet, no Espaço Económico Europeu (EEE), que se traduz no favorecimento sistemático dos seus serviços de comparação de preços -- google shopping - nas páginas de resultados da pesquisa geral.

Segundo o parecer preliminar da Comissão, este comportamento viola as regras da UE dado que asfixia a concorrência e prejudica os consumidores. 

A Comissão deu também início a uma investigação 'antitrust' sobre a conduta da Google no que diz respeito ao sistema operativo Android para dispositivos móveis. A investigação procurará apurar se a Google celebrou acordos anticoncorrenciais ou se abusou de uma eventual posição dominante no domínio dos sistemas operativos, aplicações e serviços para dispositivos móveis inteligentes.


Lusa
  • Militares tentam acabar com guerra entre traficantes na Rocinha, Rio de Janeiro
    3:07

    Mundo

    As últimas horas têm sido de tensão no Rio de Janeiro depois dos tiroteios que começaram desde que uma das principais favelas da cidade foi ocupada por militares na sexta-feira. As forças federais foram acionadas para auxiliarem a polícia, que há vários dias tenta acabar com a guerra entre fações de traficantes de droga.

  • Irão lança míssil de médio alcance
    1:13

    Mundo

    Três dias depois do discurso hostil de Donald Trump nas Nações Unidas, o Irão testou um novo míssil de médio alcance que atingiu uma altura de dois mil quilómetros. Teerão diz que o teste não viola o acordo nuclear.

  • Trump renovou as ameaças à Coreia do Norte
    1:30
  • Atrás das Câmaras em Pedrógão Grande
    3:37
    Atrás das Câmaras

    Atrás das Câmaras

    DIARIAMENTE NA SIC E SIC NOTÍCIAS

    A carrinha do "Atrás das Câmaras" continua pelo país a mostrar aquilo que alguns políticos ignoram. Este sábado a equipa da SIC esteve em Pedrógão Grande, 99 dias após o incêndio que fez 64 mortos e 200 feridos.

  • Morreu Charles Bradley, uma das lendas do soul

    Cultura

    O cantor Charles Bradley morreu este sábado aos 68 anos. O músico norte-americano foi diagnosticado com cancro no ano passado. A notícia da morte foi confirmada na página oficial do cantor no Facebook.