sicnot

Perfil

Economia

Governadores do BCE decidem hoje manter taxa de juro

Os governadores do Banco Central Europeu (BCE) reúnem-se hoje e devem decidir manter as taxas de referência inalteradas nos 0,05% e prosseguir com as compras de dívida soberana, segundo analistas contactados pela agência Lusa.

© Kai Pfaffenbach / Reuters

Da reunião em Frankfurt, na Alemanha, os analistas financeiros contactados pela Lusa não esperam muitas novidades: a taxa de referência deve manter-se inalterada nos 0,05% e o presidente do BCE, Mario Draghi, deverá fazer uma avaliação positiva do primeiro mês do programa de compra de dívida pública, indicando que o 'quantitative easing' é para continuar.

Para Filipe Garcia, presidente do IMF -- Informação de Mercados Financeiros, será "interessante perceber como é que o BCE irá gerir o problema da implementação da política, já que ela está a levar à distorção dos mercados monetário e obrigacionista, considerando que "a forma como o BCE irá gerir a possível escassez de títulos para compra é também um ponto a ter em atenção para o futuro".

Também a analista financeira do Departamento de Estudos Económicos do banco BPI, Teresa Gil Pinheiro, espera de Mario Draghi uma avaliação positiva do primeiro mês do 'quantitative easing', podendo "ser referido o cumprimento (e até ultrapassagem) dos objetivos pretendidos, na medida em que se observou uma apreciação dos ativos financeiros".

"O que a médio prazo poderá traduzir-se num maior relaxamento das condições de concessão de crédito à economia, contribuindo para a dinamização da atividade económica, nomeadamente através do aumento do investimento", admitiu Teresa Gil Pinheiro.

Também o economista-chefe do banco Montepio, Rui Bernardes Serra, espera uma avaliação positiva do primeiro mês do programa de compra de dívida soberana, já que "a inflação começou a acelerar". Segundo divulgou o Eurostat, a taxa de inflação anual na zona euro em março foi de -0,1% face aos -0,3% de fevereiro.

No entanto, "apesar dos desenvolvimentos, a inflação ainda está bem abaixo do 'target' [objetivo de médio prazo do BCE de uma taxa de inflação próxima, mas abaixo de 2%], a economia da zona euro ainda está longe de recuperar os níveis pré-crise e o desemprego ainda está muito elevado", afirma Rui Bernardes Serra.

Os analistas contactados pela Lusa admitem que da reunião de governadores não resulte nenhuma informação sobre a Grécia, devendo apenas ser reiterada a intenção do BCE em aceitar "dívida grega caso o Governo grego consiga um entendimento com os seus congéneres europeus".


Lusa
  • Explosão em restaurante no Canadá causa pelo menos 15 feridos, 3 graves
    0:56

    Mundo

    Pelo menos 15 pessoas ficaram feridas numa explosão em Mississauga, Ontário, no Canadá. Três vítimas estão em estado grave. Os feridos foram levados para vários hospitais da zona. De acordo com as autoridades, a explosão foi causada por dois homens, com cerca de 20 anos, num restaurante indiano, que fugiram do local depois do ataque. A zona foi evacuada e a polícia está a investigar o caso.

    Em atualização

  • Congresso do PS começa hoje na Batalha

    País

    O 22.º Congresso do PS começa hoje, na Batalha, distrito de Leiria, e durante o qual o secretário-geral, António Costa, deverá defender uma linha de continuidade estratégica, procurando, em simultâneo, projetar desafios estruturais que se colocam ao país.

  • Gonçalo Guedes: o menino franzino que jogava mais que os outros em Benavente
    8:47
  • Juiz impede acesso a informações bancárias e e-mails de António Mexia
    1:50

    País

    No inquérito crime que investiga a EDP, continua um braço de ferro entre o Ministério Público e o juiz de instrução. O magistrado voltou a negar o acesso a informações bancárias e a e-mails de António Mexia, que constavam dos processos da Operação Marquês e do universo Espírito Santo.

  • Universidade de Coimbra não retira Honoris Causa a Lula
    3:30
  • Estudo acaba com teorias da conspiração sobre a morte de Hitler

    Mundo

    Existem algumas versões sobre o desaparecimento do ditador nazi, Adolf Hitler. Há quem diga que viajou para um país da América do Sul, outros acreditam que está escondido na Antártida e há até quem vá mais longe e acredita que estaria na Lua. Mas, teorias da conspiração à parte, a história oficial diz que Hitler suicidou-se num bunker, em Berlim, Alemanha.

    SIC