sicnot

Perfil

Economia

China ameaça Portugal na liderança das importações angolanas

A China aproximou-se de Portugal como principal origem das importações angolanas, segundo o mais recente relatório do Instituto Nacional de Estatística de Angola, relativo ao último trimestre de 2014.

Arquivo

Arquivo

© SIPHIWE SIBEKO / Reuters

De acordo com o documento, a que a Lusa teve hoje acesso, as importações por Angola provenientes de Portugal totalizaram 119,37 mil milhões de kwanzas (1.024 milhões de euros) entre outubro e dezembro, enquanto a China garantiu 118,44 milhões de kwanzas (1.016 milhões de euros), no mesmo período.

 

A quota das importações dos dois países cifra-se em 16 e 15,9%, com a liderança ainda a pertencer a Portugal. Contudo, em termos homólogos, a China viu as importações crescerem 42,2%, enquanto as vendas de Portugal, face ao último trimestre de 2013, desceram 8,3%, tendo em conta os números do INE angolano.

 

Segundo o anúncio feito esta semana pela embaixada de Angola em Pequim, deverá realizar-se nos próximos dias nova reunião da comissão mista bilateral, perspetivando-se o incremento dos negócios entre os dois países, nomeadamente no setor da Agricultura.

 

As importações angolanas no último trimestre do ano totalizaram globalmente 744,3 mil milhões de kwanzas (6,4 mil milhões de euros), uma redução homóloga de 7,7%.

 

Além de Portugal e da China, os produtos provenientes de Singapura (quota de 7,1%), dos Estados Unidos da América (6,6%) e do Brasil (5,8%) também têm vindo a crescer.

 

Nas exportações angolanas a China mantém a liderança, com uma quota de 45,3% de tudo o que Angola vende ao estrangeiro (essencialmente petróleo bruto), mas em queda, em termos de valor, devido à forte quebra na cotação internacional do petróleo.

 

A Índia (quota de 7,9%), a França (7,4%), os Estados Unidos da América (7,1%) e Espanha (6,8%) completam o grupo dos principais destinos de exportação de Angola, enquanto Portugal surge em sétimo lugar (4,7%).

 

O total das exportações angolanas neste período ascendeu 1,16 biliões de kwanzas (dez mil milhões de euros), uma quebra homóloga de 28,5%.

 

A balança comercial angolana apresenta assim um saldo positivo superior a 418 mil milhões de kwanzas, (3,6 mil milhões de euros) "como resultado do comportamento do preço do petróleo, principal produto de exportação de Angola", refere o INE.


Lusa

  • Autarca e duas jornalistas mortas a tiro na Finlândia 

    Mundo

    A presidente da Câmara de Imatra, na Finlândia, e duas jornalistas foram mortas a tiro na noite passada, na pequena cidade do sudeste do país. O incidente aconteceu junto a um restaurante e a polícia chegou ao local pouco depois dos disparos. Um suspeito de 23 anos já foi detido.

    Em desenvolvimento

  • Avião da Qatar Airways aterra de emergência nas Lages
    0:47

    País

    Aterrou de emergência nos Açores, esta manhã, um avião da Qatar Airways. A turbulência obrigou à manobra que causou pelo menos 10 feridos nos passageiro do avião que fazia ligação de Washington para Doha, capital do Qatar, e foi desviado para a base aérea das Lajes. Os passageiros desembarcaram, como registou no Twiiter um jornalista da Al-Jazzera que seguia a bordo. Segundo este depoimento, uma pessoa foi levada para o hospital com problemas cardíacos.

  • Passos elogia escolha de Paulo Macedo mas diz que não é suficiente
    1:47

    Caso CGD

    Pedro Passos Coelho diz que Paulo Macedo é competente para liderar os destinos da Caixa Geral de Depósitos, mas que a nomeação do antigo ministro não é suficiente para passar uma esponja sobre o assunto. Em Viseu, o líder do PSD não quis ainda avançar com um nome para a Câmara de Lisboa, depois de Santana Lopes afastar a hipótese de se candidatar.

  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.