sicnot

Perfil

Economia

Lobo Xavier diz que a descida da TSU é "suicidária"

Lobo Xavier diz que a descida da TSU é "suicidária"

A decisão do Governo em baixar a TSU mereceu críticas na Quadratura do Círculo da SIC Notícias. Jorge Coelho e Pacheco Pereira afirmaram que é por ser ano de eleições, já o centrista Lobo Xavier disse que a coligação nunca aceitaria este tipo de opção política ao Partido Socialista. No comentário ao anúncio do primeiro-ministro, Lobo Xavier considerou mesmo "suicidária" uma medida deste tipo sem explicações.

  • José Gomes Ferreira diz que há contradições e "trapalhada" na descida da TSU
    1:05

    Economia

    José Gomes Ferreira considera que existem várias contradições nas ideias hoje apresentadas pela ministra das Finanças. Uma delas tem a ver com o anúncio da diminuição da sobretaxa de IRS, sem que o Governo explique o que vai fazer para acelerar a devolução dos cortes salariais na função pública. A outra está relacionada com a descida da TSU para as empresas, sem que o executivo explique como vai compensar a falta de 600 milhões de euros no sistema de pensões. Gomes Ferreira diz mesmo que se trata de uma "trapalhada".

  • Governo devolve mais 20% dos salários da Função Pública em 2016
    1:54

    Economia

    O Governo vai voltar à carga com os cortes nas pensões e vai devolver apenas mais 20% dos salários dos funcionários públicos, no próximo ano. As decisões foram tomadas esta quinta-feira no Conselho de Ministros que aprovou o programa de estabilidade. Um documento que prevê ainda o fim da Contribuição Extraordinária de Solidariedade nas pensões, até 2017. A sobretaxa de IRS acaba em 2019.

  • Incêndio destrói igreja em Ponte da Barca
    1:49

    País

    Um incêndio destruiu na última madrugada a Igreja de Lavradas, em Ponte da Barca. A Polícia Judiciária de Braga está a investigar as causas do fogo, mas tudo aponta para um curto-circuito.

  • Bairro em Loures não tem luz há mais de um ano
    2:30

    País

    O bairro da Torre, junto ao aeroporto de Lisboa mas ainda no concelho de Loures, não tem eletricidade nem nos postes, nem nas casas. A EDP e os moradores nunca chegaram a acordo para uma solução de pagamento coletivo e a empresa, para acabar com as puxadas eléctricas ilegais, decidiu cortar de vez o abastecimento há mais de um ano.