sicnot

Perfil

Economia

INE revê em baixa valor do défice em 2014 que se mantém nos 4,5%

O INE reviu hoje em baixa o défice das administrações públicas em 2014, apurando um valor de 7.716,9 milhões de euros, uma alteração que mantém o rácio do défice nos 4,5% no ano passado.

(Reuters/ Arquivo)

De acordo com a revisão à primeira notificação do Procedimento dos Défices Excessivos, que o Instituto Nacional de Estatístico (INE) divulgou a 26 de março, o défice orçamental no ano passado foi de 7.716,9 milhões de euros, contra os 7.822,3 milhões que tinham sido inicialmente apurados, uma revisão que não altera o rácio do défice sobre o Produto Interno Bruto (PIB), que foi de 4,5%.

 

O INE indica que "esta revisão deveu-se sobretudo à incorporação de informação entretanto obtida respeitante à contribuição de Portugal para o Orçamento da União Europeia" e destaca que os resultados relativos a 2014 "mantêm uma natureza provisória", até porque "não existe ainda informação suficiente para o registo definitivo da capitalização do Novo Banco".


Lusa

  • Um pedido de desculpas aos portugueses e um ultimato ao Governo
    3:21
  • Vouzela tenta regressar à normalidade, 8 pessoas morreram no concelho
    2:28

    País

    No concelho de Vouzela, a população começa a voltar à normalidade. Aos poucos a luz e a água estão a voltar e as pessoas começam a ganhar forças para reconstruir aquilo que lhes foi tirado pelos fogos. No entanto, as feridas demoram a sarar e não será fácil esquecer que 80 a 90 por cento deste concelho foi destruído pelos incêndios e oito pessoas morreram.

  • Material de guerra de Tancos encontrado, faltam munições
    1:40
  • "Se os bombeiros não chegam, os vizinhos vão ficar sem casa"
    1:03
  • Madrid admite suspender autonomia da Catalunha
    1:51
  • Alemanha já tem uma versão de Donald Trump... em cera
    1:08