sicnot

Perfil

Economia

INE revê em baixa valor do défice em 2014 que se mantém nos 4,5%

O INE reviu hoje em baixa o défice das administrações públicas em 2014, apurando um valor de 7.716,9 milhões de euros, uma alteração que mantém o rácio do défice nos 4,5% no ano passado.

(Reuters/ Arquivo)

De acordo com a revisão à primeira notificação do Procedimento dos Défices Excessivos, que o Instituto Nacional de Estatístico (INE) divulgou a 26 de março, o défice orçamental no ano passado foi de 7.716,9 milhões de euros, contra os 7.822,3 milhões que tinham sido inicialmente apurados, uma revisão que não altera o rácio do défice sobre o Produto Interno Bruto (PIB), que foi de 4,5%.

 

O INE indica que "esta revisão deveu-se sobretudo à incorporação de informação entretanto obtida respeitante à contribuição de Portugal para o Orçamento da União Europeia" e destaca que os resultados relativos a 2014 "mantêm uma natureza provisória", até porque "não existe ainda informação suficiente para o registo definitivo da capitalização do Novo Banco".


Lusa

  • Atacantes usaram "tática defendida pelos extremistas do Daesh"
    1:43

    Ataque em Barcelona

    O ex-presidente do Observatório de Segurança, Criminalidade Organizada e Terrorismo esteve em direto, para a SIC Notícias, onde falou sobre o ataque desta quinta-feira nas Ramblas, em Barcelona. José Manuel Anes falou na tática defendida na revista dos extremistas do Daesh e que foi usada neste ataque: a utilização de viaturas "de preferência as mais pesadas para matar o maior número de pessoas".