sicnot

Perfil

Economia

PS quer eliminar sobretaxa e repor salários até 2017

PS quer eliminar sobretaxa e repor salários até 2017

O PS propõe eliminar a sobretaxa do IRS em dois anos e repor os salários da Função Pública na íntegra até 2017. O grupo de economistas a quem Antonio Costa encomendou uma espécie de programa económico apresentou hoje as proposta para a próxima legislatura. Entre muitas medidas, destaque para a redução da TSU dos trabalhadores já em 2016 e para um crédito fiscal para os trabalhadores com menores rendimentos.

  • "É possível fazer diferente", diz Costa
    1:33

    Economia

    O secretário-geral do PS diz que as medidas hoje apresentadas vão permitir um crescimento médio de 2,6% nos proximos quatro anos e um défice de 0,9% no final da proxima legislatura. António Costa sublinha que o relatório do cenário macroeconómico do PS não substitui o programa de Governo, mas prova desde já que há uma alternativa à austeridade.

  • PS propõe descida da TSU para os trabalhadores

    Economia

    O cenário macroeconómico do PS prevê uma redução das contribuições dos trabalhadores para a Segurança Social de 11% para 7% até 2018, procedendo-se em 2019 à reposição até ao valor atual. Apresentada hoje, a proposta socialista passa também pela redução do IVA da restauração para 13% em 2016 e pela  eliminação gradual da sobretaxa de IRS em duas fases, 50% no próximo ano e 50% em 2017. Quanto aos salários da função pública, prevê a reposição em 40% em janeiro de 2016 e da parte restante em 2017, procedendo-se em 2018 ao descongelamento de carreiras.

  • 105 detidos pela PSP e GNR nas últimas 24 horas

    País

    Só a GNR deteve 64 pessoas em flagrante delito, entre a noite de sexta-feira e o início da manhã deste sábado, a maioria das quais (47) por condução sob o efeito do álcool. A PSP de Lisboa efetuou 41 detenções em 24 horas, dez por tráfico de droga.

  • Videoamador mostra grupo a atar tocha a um touro
    1:33
  • PJ investiga forma como o FC Porto obteve os e-mails
    1:58

    Desporto

    Enquanto o campeonato português de futebol está de férias do relvado, nos bastidores continua uma guerra aberta por causa dos e-mails. O FC Porto entregou à Polícia Judiciária toda a documentação disponível do chamado caso dos e-mails, que envolve o Benfica num alegado esquema de corrupção. O pedido foi feito pela Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ. A forma como o FC Porto obteve os e-mails também está a ser investigada pela Polícia Judiciária.

  • Manifestantes bloquearam Caracas

    Mundo

    Milhares de pessoas bloquearam esta sexta-feira as ruas de Caracas e de outras cidades, em protesto contra a repressão e o assassinato de manifestantes pelas forças de segurança.