sicnot

Perfil

Economia

Trabalhadores de transportes públicos de Lisboa realizam protesto contra privatização

Trabalhadores das transportadoras Carris, Metropolitano de Lisboa, Transtejo e Soflusa vão realizar uma marcha de protesto, na quarta-feira, contra a intenção de privatização das empresas, numa ação apoiada pela Federação dos Sindicatos dos Transportes e comunicações (Fectrans).

(Arquivo/Reuters)

(Arquivo/Reuters)

© Jose Manuel Ribeiro / Reuters

O coordenador da Fectrans, José Manuel Oliveira, disse à agência Lusa que o objetivo da marcha, marcada para as 10:00, é "mostrar que a privatização que o Governo quer fazer vai aumentar os custos para os utentes e piorar a qualidade dos serviços".

A marcha tem início previsto para o Cais do Sodré, com destino ao Largo de Camões, um percurso no qual o dirigente sindical espera centenas de trabalhadores e utentes.

"Já temos algumas comissões de utentes confirmadas", disse José Manuel Oliveira, adiantando que na Carris foi entregue um pré-aviso de greve para todo o dia de quarta-feira e, por isso, prevê-se constrangimentos no serviço desta empresa.

A empresa indicou hoje que as perturbações deverão ocorrer entre as 03:00 até ao final do último serviço do dia e que estarão em funcionamento, em 50% do regime normal, as carreiras 703 (Charneca - Bairro de Santa Cruz) e 751 (Estação de Campolide - Linda-a-Velha).

"Em total funcionamento estará o serviço de transporte exclusivo de pessoas com mobilidade reduzida", acrescenta a Carris.

Já para o Metro de Lisboa, Transtejo e Soflusa não se perspetiva qualquer paralisação.

O secretário de Estado dos Transportes, Sérgio Silva Monteiro, anunciou no final de fevereiro que a subconcessão das operações do Metro de Lisboa e da Carris deverá estar concluída até ao final de julho.

A Carris e o Metro têm uma administração comum desde o início do ano, que partilham ainda com a Transtejo/Soflusa, mas esta última ficou fora desta proposta de concessão.







Lusa
  • Militar ferido com gravidade em acidente com Pandur
    1:19

    País

    O acidente em Vila Real que envolveu uma viatura militar fez três feridos. Uma das vítimas ficou em estado grave e teve de ser transportada de helicóptero para o Hospital Santo António do Porto. O militar ficou encarcerado no veículo blindado, o que dificultou os trabalhos de socorro.

  • Ricardo Salgado constituído arguido e interrogado no DCIAP
    2:00

    Operação Marquês

    O ex-presidente do BES está a ser ouvido no DCIAP, a responder às questões do procurador Rosário Teixeira e do inspetor da Autoridade Tributária Paulo Silva. Têm sido levantadas dúvidas quanto ao dinheiro em contas de Carlos Santos Silva, amigo de José Sócrates, e suspeita-se que grande parte desses 20 milhões de euros tenham vindo de sociedades com ligação ao grupo Espírito Santo.

  • Bebé nasce na Ucrânia com ADN de três pais

    Mundo

    Nasceu a 5 de janeiro, na Ucrânia, uma menina filha de um casal infértil graças à ajuda de uma nova técnica de fertilização in vitro, que conta com a colaboração de uma terceira pessoa. De acordo com o britânico The Times, os médicos utilizaram pela primeira vez um método denominado transferência pronuclear. Esta não é, contudo, a primeira vez que nasce um bebé com ADN de três progenitores.

  • CIA desvenda segredos de quase 50 anos de História

    Mundo

    A CIA publicou online quase 12 milhões de documentos confidenciais. Basta uma ligação à Internet para navegar por entre 50 anos de relatórios outrora secretos. Entre os milhões de páginas, estão documentos sobre um eventual assassínio de Fidel Castro, detalhes sobre os crimes de guerra nazis, relatórios sobre avistamentos de OVNI e um estudo sobre telepatia denominado "Projeto Star Gate".