sicnot

Perfil

Economia

Banco de Portugal instaurou 64 processos de contraordenação contra 25 instituições em 2014

O Banco de Portugal (BdP) abriu 64 processos de contraordenação contra 25 instituições no ano passado, mais oito do que em 2013, a maioria dos quais resultantes da análise feita às reclamações dos clientes bancários, revelou hoje o supervisor.

(SIC/ Arquivo)

Paralelamente, o BdP emitiu 770 recomendações e determinações específicas, exigindo a 75 instituições a correção das irregularidades e incumprimentos detetados, de acordo com a informação disponível no Relatório de Supervisão Comportamental 2014.

A entidade liderada por Carlos Costa concluiu 27 processos de contraordenação em 2014, aplicando coimas no total de cerca de 500 mil euros.

De resto, o BdP levou a cabo 868 ações de inspeção, que abrangeram 96 entidades. Destas, 465 foram aos balcões, 31 aos serviços centrais e 372 à distância.

Nota para o aumento significativo do peso das ações de inspeção no local, entre credenciadas e através da técnica do "cliente mistério", que em conjunto ascenderam a 57% quando, em 2013, ficaram nos 27%.



Lusa
  • O impacto e as consequências do referendo em Itália
    1:02
  • O novo coala do zoo de Lisboa
    3:10

    País

    A SIC acompanhou em exclusivo a transferência de uma coala da Alemanha para o Zoo de Lisboa. O animal veio de avião e foi batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Ficou com o nome de Goolara. O coala é uma fêmea, com quase dois anos, e veio para aumentar a família da mesma espécie em Portugal.

  • Jovens do exército russo aderem ao Desafio do Manequim
    1:01

    Mundo

    Na Rússia, o grupo de jovens do exército também já aderiu ao famoso Mannequin Challenge. O vídeo foi divulgado pelo Ministério da Defesa russo. O objetivo é mostrar o dia-a-dia do chamado exército de jovens, cuja principal missão passa por sensibilizar os russos para a necessidade de cumprir o serviço militar obrigatório.