sicnot

Perfil

Economia

Catarina Martins condena "fanatismo ideológico" no Eurogrupo

A porta-voz do BE condenou hoje a "intransigência" e o "fanatismo ideológico" do Eurogrupo para com a Grécia, ao comentar o afastamento do ministro grego das Finanças das negociações com as instituições parceiras.

FERNANDO VELUDO

"Tudo o que tem existido do outro lado é intransigência, fanatismo ideológico. Registo que no Eurogrupo, nos 18 governos que se têm oposto, 13 têm a presença ou estão em coligação com partidos sociais-democratas ou socialistas. Vemos como tem existido esta barragem a uma alternativa", lamentou Catarina Martins, após uma encontro com a Ordem dos Médicos, em Lisboa.

A reunião tinha em vista o debate parlamentar de urgência requerido pelos bloquistas para 07 de maio sobre a "situação da Saúde em Portugal" e a dirigente do BE citou declarações recentes de Yanis Varoufakis a convidar os homólogos continentais a visitar as urgências hospitalares helénicas, aproveitando assim para alertar para o colapso do Serviço Nacional de Saúde (SNS).

"Como dizia o ministro grego das Finanças, talvez não fosse mau convidar os ministros das Finanças do Eurogrupo a visitar as urgências do seu país. Bem sei que a situação em Portugal não é tão grave como na Grécia, não é comparável, mas não seria mau também perguntar se, em Portugal, os ministros das Finanças iriam às urgências do Serviço Nacional de Saúde", disse.

Ainda sobre a situação grega, para a deputada bloquista, "tem existido uma chantagem enorme por parte do Eurogrupo e do Conselho Europeu contra a possibilidade de um Governo fazer aquele que é o mandato que lhe deu o seu povo, uma política diferente da austeridade" e "a Grécia não pede o paraíso na Terra", mas apenas cumprir o prometido durante a campanha eleitoral -- 'não cortar mais as pensões'".

Relativamente ao contexto português, Catarina Martins sublinhou que "hoje, o descaso entre os números que o Governo apresenta da Saúde e a realidade concreta que as pessoas vivem quando recorrem ao SNS, mostram que o problema é grave e tem de ser debatido".

"Tivemos um secretário de Estado da Saúde a dizer, face ao colapso visível, que considerava que as urgências funcionavam bem e as pessoas estavam bem instaladas. De lá até cá, o Governo não disse mais uma palavra. Não vimos o ministro da Saúde ou o primeiro-ministro virem a público reconhecer o problema. Silêncio absoluto, quando vivemos um problema grave de as pessoas não saberem se podem confiar nas urgências", lamentou.



Lusa
  • "Não vou ceder, não vou render-me, não vou desistir da candidatura"
    2:02
  • Obama, Presidente francês?
    1:55

    Mundo

    A resposta é óbvia, mas não demoveu quatro franceses, descontentes com os candidatos às Presidenciais no seu país. A ideia começou como brincadeira, mas já recolheu 43 mil assinaturas. 

  • Trump apanhado a ensaiar no carro
    1:08
  • Mulheres democratas de branco para mostrar que não abdicam dos diretos conquistados

    Mundo

    Uma "mancha branca" sobressaiu esta terça-feira no Congresso norte-americano, durante o primeiro discurso de Donald Trump. A maioria das 66 mulheres representantes e delegadas do Partido Democrata vestiram-se de branco, num ato simbólico a fazer recordar o movimento sufragista feminino, que encorajava as apoiantes a vestirem-se de branco. Tal como então, a cor da pureza foi agora recuperada, desta feita para mostrar a Trump que as mulheres não abdicam dos direitos conquistados no início do século XX.

  • Treinador do "The Biggest Loser" teve ataque cardíaco

    Mundo

    Foi o próprio Bob Harper que partilhou a notícia no seu Instagram. O ex-treinador do famoso programa de televisão sofreu um ataque cardíaco enquanto treinava no ginásio. Esteve oito dias internado mas, felizmente, já está em casa a recuperar.

  • Prisões recebem manual para lidar com fugas
    2:07

    País

    O Governo vai fazer o maior investimento de sempre nos serviços prisionais. São 2.600 milhões de euros para reforçar a segurança nas prisões. Entretanto. já foi distribuído um manual de procedimentos em caso de fuga.