sicnot

Perfil

Economia

McDonald's prevê fechar 700 restaurantes em 2015

Só nos primeiros meses de 2015, a McDonald's já encerrou 350 lojas na China, Japão e EUA e prevê encerrar mais 350 até ao final do ano. Isto, duas semanas depois da cadeia norte-americana anunciar perdas de lucros na ordem dos 36%.

© Lucy Nicholson / Reuters

A procura por comida mais saudável é apontada como a principal razão do declínio dos restaurantes de fast food, e a McDonalds não é exceção.


Anthony Gucciardi, especialistas norte-americanos em comida saudável, autor do site  Natural Society explica que "a tendência mundial neste momento é perguntar o que se está a comer." 

A nova vaga de restaurantes, com produtos orgânicos está a criar um novo ambiente económico. "As pessoas estão fartas de se alimentarem de lixo, e não o vão usar mais para alimentarem os seus corpos", afirma Gucciardi.

A McDonald's não pára de apresentar prejuízos. Há cerca de duas semanas foram anunciados prejuízos na ordem dos 36%, razão que levou a cadeia de restaurantes norte-americana a anunciar o encerramento de lojas. 
Para já fecharam 350 restaurantes. Até ao final do ano fecham mais 350.

Por cá, não está previsto o encerramento de lojas. Ao site da SIC Notícias, a McDonald's Portugal garantiu que está prevista a "abertura de novos restaurantes, uma média de cinco por ano, nos próximos três anos". 


 
 


  • Este texto é sobre o bom senso. O bom senso que faltou a Passos Coelho quando, esta manhã, depois de uma visita pelas áreas ardidas de Pedrógão Grande, decidiu falar em suicídios. Passos não se referiu a tentativas, mas sim a atos consumados. Deu certezas. Disse que tinha conhecimento de “pessoas que puseram termo à vida” porque “que não receberam o apoio psicológico que deviam.”

    Bernardo Ferrão

  • Simplex+2017 promete simplificar burocracia
    1:08

    País

    Já está online o novo Simplex+2017, que vai simplificar a vida dos cidadãos, empresas e administração pública. Pagar impostos com cartão de crédito e ter o cartão de cidadão ou a carta de condução no telemóvel são alguns exemplos do que está previsto.

  • Homem fala ao telefone com o filho que pensava estar morto

    Mundo

    Um norte-americano que tinha estado presente no funeral do filho recebeu, 11 dias depois, uma chamada telefónica de um homem que o pôs em contacto... com o filho que havia enterrado semana e meia antes. Tudo por causa de um erro do gabinete de medicina legal.