sicnot

Perfil

Economia

Pilotos mantêm greve, Pires de Lima faz último apelo

A quatro horas do início da greve, o Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil fez uma conferência de imprensa para anunciar que não tem outra alternativa senão levar a cabo a anunciada paralisação de 10 dias. A culpa é do Governo, garante. Em resposta, o ministro da Economia fez um último apelo aos pilotos para reconsiderarem.

(Lusa/Arquivo)

porta-voz do Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil (SPAC) atribuiu ao Governo a culpa pela greve. Hélder Santinhos disse que o que está em causa é o incumprimento do acordo assinado no fim do ano passado e que, por isso, os pilotos foram empurrados para a paralisação. 

Questionado sobre se é ainda possível desconvocar greve, Hélder Santinhos admitiu que "existe sempre" essa possibilidade, mas que é uma decisão que está "nas mãos" do Governo e da TAP. "Se houver entendimento, obviamente desconvocaremos a greve", afirmou.

A resposta de Pires de Lima

Cerca de meia hora depois, o Governo reagiu pela voz do ministro da Economia.  Pires de Lima voltou a pedir aos pilotos para que trabalhem nos próximos dias.

O ministro afirmou que a greve terá consequências na sustentabilidade da companhia aérea. E acrescentou que ninguém da sociedade portuguesa está a favor da greve, lamentando "profundamente" a decisão "tão radical" do SPAC.


O último esforço

Uma hora antes da conferência de imprensa do SPAC, a direção do sindicato ainda se reuniu com a administração da TAP, num último esforço de negociações.

Hoje, vários membros do Governo deixaram um apelo ao bom senso dos pilotos e até o Presidente da República alertou para os efeitos da paralisação de 10 dias que começa hoje à meia-noite.

Os pilotos da TAP marcaram uma greve, entre 1 e 10 de maio, por considerarem que o Governo não está a cumprir o acordo assinado em dezembro de 2014, nem um outro, estabelecido em 1999, que lhes dava direito a uma participação no capital da empresa no âmbito da privatização. 



  • "Obrigados pelo Governo a chegar à greve"
    1:19

    País

    Os pilotos arrancam mesmo para a greve na TAP. Num último esforço de negociações, estiveram reunidos ao fim da tarde com a administração da empresa. No final, o diretor do Sindicato de Pilotos e Aviação Civil atribuiu a culpa pela greve ao Governo. Hélder Santinhos disse que o que está em causa é o incumprimento do acordo assinado no fim do ano passado e que, por isso, os pilotos foram empurrados para a greve.

  • TAP alerta para situação dramática nos aeroportos
    1:56

    Economia

    A horas do início da maior greve de sempre dos pilotos, a TAP avisa que a situação pode tornar-se dramática, nos aeroportos. O Governo fala num abuso por parte do Sindicato dos Pilotos e o Presidente da República teme que a companhia tenha de despedir trabalhadores, depois desta paralisação.

  • O poder da linguagem corporal nos tribunais
    9:12
  • Fomos conhecer o novo Samsung S8
    1:42

    Mundo

    Depois da crise dos telemóveis Samsung Note 7 com bateria defeituosa que podia explodir, a marca tinha que lançar um aparelho inovador. O S8 foi anunciado esta quarta-feira em Londres. O repórter da SIC, Lourenço Medeiros, foi ver como é.

    Enviado SIC