sicnot

Perfil

Economia

Sindicato e administração da TAP ainda definiram pré-acordo

Terminaram todas as negociações entre a TAP e o Sindicato dos Pilotos. Ao que a SIC apurou, ainda houve conversações telefónicas entre as duas partes, depois da conferência de imprensa do sindicato, esta noite. Contudo, não há acordo possível e a greve de 10 dias vai manter-se. Começa à meia-noite.

© Hugo Correia / Reuters

Ao fim da tarde desta quinta-feira, a direção do Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil ainda se reuniu com a administração da TAP. A SIC sabe que esteve em cima da mesa um documento de pré-acordo para desconvocar a paralisação. Faltava ser validado pelos membros do SPAC que não estiveram reunidos com a TAP.

Mas às 20:00 o sindicato anunciou que, afinal, não havia acordo com a empresa e que a greve era para manter. Após a conferência de imprensa, ainda houve conversas telefónicas entre ambas as partes, mas sem sucesso.

A SPAC desmente e garante que nunca houve qualquer entendimento.
  • "Obrigados pelo Governo a chegar à greve"
    1:19

    País

    Os pilotos arrancam mesmo para a greve na TAP. Num último esforço de negociações, estiveram reunidos ao fim da tarde com a administração da empresa. No final, o diretor do Sindicato de Pilotos e Aviação Civil atribuiu a culpa pela greve ao Governo. Hélder Santinhos disse que o que está em causa é o incumprimento do acordo assinado no fim do ano passado e que, por isso, os pilotos foram empurrados para a greve.

  • TAP alerta para situação dramática nos aeroportos
    1:56

    Economia

    A horas do início da maior greve de sempre dos pilotos, a TAP avisa que a situação pode tornar-se dramática, nos aeroportos. O Governo fala num abuso por parte do Sindicato dos Pilotos e o Presidente da República teme que a companhia tenha de despedir trabalhadores, depois desta paralisação.

  • Pilotos mantêm greve, Pires de Lima faz último apelo

    Economia

    A quatro horas do início da greve, o Sindicato dos Pilotos da Aviação Civil fez uma conferência de imprensa para anunciar que não tem outra alternativa senão levar a cabo a anunciada paralisação de 10 dias. A culpa é do Governo, garante. Em resposta, o ministro da Economia fez um último apelo aos pilotos para reconsiderarem.

  • Aviação russa matou mais de 11 mil pessoas na Síria

    Mundo

    Pelo menos 11.612 pessoas morreram na Síria em resultado dos bombardeamentos da aviação russa, aliada do Governo de Damasco, iniciados em 30 de setembro de 2015, de acordo com dados publicados hoje pelo Observatório Sírio dos Direitos Humanos.

  • Mais de 500 casos de sarampo na Europa este ano, avisa OMS

    Mundo

    Mais de 500 casos de sarampo foram reportados só este ano na Europa, afetando pelo menos sete países, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS). Em Portugal, a OMS reconheceu oficialmente a eliminação do vírus do sarampo no verão do ano passado.