sicnot

Perfil

Economia

Greve na TAP cancelou 38 voos mas 118 seguiram viagem

Greve na TAP cancelou 38 voos mas 118 seguiram viagem

No segundo balanço do dia de hoje, a TAP agradeceu aos pilotos que compareceram no serviço e pediu desculpa aos passageiros lesados pela greve. A porta-voz da companhia aérea, Carina Correira, confirmou que estão a realizar-se mais voos que o previsto pela administração.

  • Passageiros da TAP embarcam sem certezas para o regresso
    1:50

    Economia

    No primeiro dia de paralisação da TAP, as filas nos balcões de informações no aeroporto de Lisboa não foram tão grandes como se esperava, mas os passageiros que chegaram esta manhã à Portela ainda não tinham garantias sobre os voos de regresso. A companhia aérea cancelou 38 dos 156 voos programados até às 12:00.

  • "Nada justifica uma greve de 10 dias", diz antigo dirigente do sindicato
    3:40

    Economia

    A greve dos pilotos da TAP não reúne consenso por parte da classe. A SIC ouviu, nas primeiras horas de greve, as razões dos pilotos que não concordam com a greve. "Nós vamos ser os bodes expiatórios da reestruturação que vai ser feita na TAP", acredita o piloto e ex-vice presidente do sindicato Ângelo Felgueiras, que não concorda com a paralisação.

  • "Os governos são diferentes mas o povo é o mesmo"
    0:45

    Economia

    O Presidente da República atribui o resultado do défice do ano passado ao espírito de sacrifício do povo português. Num jantar em Coimbra para assinalar o Dia do Estudante, Marcelo Rebelo de Sousa considerou ainda que o valor do défice de 2016 é a prova de que com governos diferentes conseguem-se os mesmos objetivos.

  • Recuo na saúde é primeira derrota de peso para Donald Trump
    1:18

    Mundo

    O Presidente norte-americano sofreu esta sexta-feira uma derrota de peso. O líder da Câmara dos Representantes retirou a proposta do plano de saúde de Trump, que se preparava para um chumbo na câmara baixa do Congresso. Para já, mantém-se o Obamacare.

  • Pai do piloto da Germanwings defende inocência do filho

    Mundo

    O pai de Andreas Lubitz declarou esta sexta-feira que o filho não é o responsável pelo embate do avião da Germanwings contra um local montanhoso, que fez 150 mortos. O Ministério Público alemão concluiu em janeiro que o incidente em 2015 foi apenas da responsabilidade do piloto.