sicnot

Perfil

Economia

Embraer ameaça avançar com espécie de "cobrança coerciva" sobre o Governo português

Os brasileirtos da Embraer ameaçam avançar com uma espécie de "cobrança coerciva" sobre o Governo português, o que poderá fazer com que o Estado perca 500 mil euros. 

(Reuters/ Arquivo)

De acordo com o jornal Público, em causa está o desacardo entre os brasileiros e o Ministério da Economia sobre as verbas dos KC-390, aviões de transporte militar da Embraer parcialmente construídos em Portugal. A Embraer considera-se credora de dinheiros públicos no âmbito do programa celebrado com o Estado Português e reclama valores que estarão em falta no âmbito do acordo celebrado entre as partes.

Contactada pelo Público, a Embraer garante que não há "nenhum problema" entre a empresa e o Estado Português. Ao mesmo jornal o Ministério da Defesa diz não ter conhecimento oficial da situação. 
  • Atacantes de Barcelona "não estão a caminho da nossa fronteira"
    7:00

    Ataque em Barcelona

    O diretor da Unidade Nacional de Contraterrorismo da Polícia Judiciária esteve esta sexta-feira no Jornal da Noite para falar sobre o duplo atentado em Espanha. Luís Neves diz que o nível de ameaça em Portugal, perante os ataques, não foi alterado porque "não se detectou que tenha existido informação que possa colocar o nosso território em perigo".