sicnot

Perfil

Economia

Bruxelas revê ligeiramente em alta retoma europeia em 2015

A Comissão Europeia reviu hoje ligeiramente em alta as previsões de crescimento na zona euro e na União Europeia este ano, esperando agora que atinja 1,8% e 1,5%, respetivamente, acelerando para 2,1 e 1,9% em 2016. 

© Alex Domanski / Reuters

Nas previsões económicas da primavera hoje divulgadas, o executivo comunitário "acrescenta" uma e duas décimas às projeções de inverno publicadas há exatamente três meses (estimava então um crescimento de 1,7% na União Europeia [UE] e 1,3% no espaço da moeda única), apontando que "o crescimento económico da UE beneficia atualmente de condições económicas favoráveis", que estimulam uma retoma que, "ainda assim", reconhece Bruxelas, "permanecerá tímida".

Relativamente a 2016, a Comissão mantém as projeções de um crescimento de 2,1% para o conjunto da UE e de 1,9% para a zona euro, os mesmos valores apontados em fevereiro.

Bruxelas reforça o otimismo de inverno ao referir-se a "ventos favoráveis" para a economia europeia, considerando que o motor de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) será a procura interna, como resultado da (esperada) aceleração do consumo privado este ano e do aumento significativo do investimento no próximo ano.

A Comissão espera também uma melhoria, embora lenta, da situação no mercado de trabalho, com um recuo da taxa de desemprego este ano para 9,6% na UE e 11,0% na zona euro (em ambos os casos menos duas décimas comparativamente às projeções de inverno), e para os 9,2% e 10,5% em 2016, assim como uma progressiva redução dos défices e dívida públicos dos Estados-membros.

Já ao nível da inflação, Bruxelas prevê que esta deverá permanecer quase nula no primeiro semestre deste ano, sob o efeito da queda dos preços da energia, mas deverá crescer no segundo semestre, e de forma ainda mais acentuada em 2016, devendo a inflação anual tanto na UE como na zona euro passar de 0,1% este ano para 1,5% no próximo.

Por fim, a Comissão Europeia acredita que, no plano monetário, o impacto do programa de injeção de liquidez do Banco Central Europeu (BCE) nos mercados financeiros contribuirá a fazer baixar as taxas de juro e a reforçar as perspetivas de uma melhoria das condições de crédito.

Apontando que a economia europeia beneficia então atualmente de um conjunto de fatores pontuais -- como a manutenção dos preços do petróleo a níveis relativamente baixos, crescimento mundial sustentado, continuação da depreciação do euro e o que classifica como "políticas económicas oportunas na UE" -, o executivo comunitário dá nota de um otimismo maior que o habitual ao considerar que, agora, os riscos que rodeiam a economia europeia, ainda que relevantes, "parecem globalmente limitados".

Bruxelas "arrisca" mesmo uma eventual revisão em alta das previsões, indicando que "o crescimento do PIB poderá revelar-se ainda mais forte que o previsto se a conjunção de fatores favoráveis persistir ou se os seus efeitos forem ainda mais benéficos do que o antecipado", ainda que também admita uma evolução no sentido inverso, em caso de agravamento das tensões geopolíticas ou de turbulências nos mercados financeiros.

  • Trabalhos no viaduto terminaram, mas trânsito continua condicionado em Alcântara
    1:23

    País

    Não há, para já, previsão para o restabelecimento da normalidade em Alcântara. Os trabalhos para colocar o viaduto de Alcântara na posição correta, depois do desvio registado num pilar, decorreram esta madrugada. O trânsito mantém-se por isso condicionado no sentido Cascais-Lisboa, como explicou o repórter da SIC, Paulo Varanda.

  • As vantagens de comprar online
    8:03
  • Suspeito de homicídio à porta do Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em preventiva
    1:36

    País

    O suspeito de ser o autor dos disparos que mataram um jovem junto à discoteca Luanda foi ouvido em tribunal e ficou em prisão preventiva. Segundo a investigação, tudo terá começado com um mero desacato, ainda dentro da discoteca, onde a vítima e o detido foram filmados a discutir. O homem de 23 anos está indiciado por dois crimes de homicídio, um na forma tentada.

  • Marcelo reuniu-se com líderes europeus para falar do futuro da UE
    2:31

    País

    Marcelo Rebelo de Sousa esteve esta quarta-feira em Bruxelas e participou numa homenagem às vítimas do atentado em Bruxelas, onde colocou uma coroa de flores junto ao monumento.O Presidente da República esteve também reunido com os líderes das principais instituições europeias para falar sobre o futuro da UE.