sicnot

Perfil

Economia

Bruxelas revê em alta previsão de crescimento da Alemanha em 2015

A Comissão Europeia reviu hoje em alta as perspetivas de crescimento da Alemanha para este ano, estimando agora um crescimento do PIB de 1,9%, graças a um "mercado laboral robusto" e a "condições de financiamento favoráveis".

© Hannibal Hanschke / Reuters

Depois de o ano passado o Produto Interno Bruto (PIB) ter avançado 1,6%, segundo Bruxelas, para este ano é esperado um crescimento de 1,9%, acima da anterior previsão de 1,5%.

Segundo as previsões de primavera, hoje divulgadas, a economia alemã será beneficiada por um mercado de trabalho forte e condições de financiamento que sustentarão a procura interna. Também a queda do preços do petróleo e a desvalorização do euro irão dar um ajuda.

Bruxelas antevê ainda que uma descida da taxa de desemprego, que passa dos 5% em 2014 para 4,6% em 2015, enquanto a inflação manterá a tendência de queda que vem seguindo, de 0,8% no último ano para 0,3% em 2015. 

Este valor fica, ainda assim, acima dos 0,1% anteriormente previstos. 

Tal como nas previsões de inverno, a Comissão antecipa que o investimento privado vai melhorar, mas de forma hesitante, enquanto o investimento público deverá aumentar.

Para 2016, a Comissão prevê que o crescimento avance para 2% e a taxa de desemprego volte a descer para 4,4%.

Bruxelas reviu ainda hoje as previsões de excedentes orçamentais, estimando agora que a Alemanha apresente 'superavits' de 0,6% em 2015 e 0,5% em 2016, isto depois do excedente recorde de 0,7% registado em 2014. 

Esta melhoria das perspetivas deve-se em muito à expectativa quanto aos efeitos positivos nas receitas públicas do mercado de trabalho e do consumo. 

Quanto à dívida pública, esta deverá manter a trajetória de descida para 71,5% do PIB em 2015 e 68,2% do PIB em 2016.



  • Novo dia de protestos contra expropriações na ilha do Farol
    2:30

    País

    A sociedade Polis Ria Formosa concluiu a tomada de posse das construções identificadas como ilegais na ilha do Farol, na Ria Formosa, em Faro. No segundo dia da operação, sob fortes protestos da população, os técnicos da Polis, escoltados pela Polícia Marítima, expropriaram hoje mais 18 construções.

  • Cunhado do Rei de Espanha em liberdade sem caução

    Mundo

    Inaki Urdangarin vai mesmo aguardar o desenrolar do recurso em liberdade na Suíça, onde o marido da Infanta Cristina tem residência oficial e onde terá de se apresentar às autoridades uma vez por mês, para além de estar obrigado a comunicar qualquer deslocação fora da Europa. De fora fica ainda o pagamento da caução de 200 mil euros pedida pelo Ministério Público espanhol.

  • Zeca Afonso morreu há 30 anos
    1:11
  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • "Isto é uma mentira e tem carimbo de Estado"
    2:12

    Opinião

    O preço das botijas de gás em Portugal duplicou nos últimos 15 anos. José Gomes Ferreira esteve no Jornal da Noite, da SIC, onde explicou este aumento, lembrando que a classe política prometeu que se houvesse mais empresas a operar no mercado, os preços desciam. Contudo, José Gomes Ferreira diz que "isto é uma mentira e tem carimbo de Estado". O Diretor-Adjunto de Informação SIC explicou que como o mercado é livre, os operadores vendem aos preços mais altos que podem, deste modo os preços não variam muito entre uns e outros.

    José Gomes Ferreira