sicnot

Perfil

Economia

"Desculpem lá! É a vida!" diz presidente do BCP aos clientes do BES

"Desculpem lá! É a vida!" diz presidente do BCP aos clientes do BES

"Desculpem lá! é a vida!" foi a mensagem do Presidente do BCP para quem comprou papel comercial do GES. Nuno Amado diz assim que a responsabilidade pelo reembolso não passa pelo fundo de resolução do qual é acionista.

  • Manifestantes furaram barreira policial e entraram na sede do Novo Banco
    1:29

    Queda do BES

    Alguns dos manifestantes dos lesados do papel comercial do Grupo Espírito Santo conseguiram hoje furar a barreira policial e entrar na sede do Novo Banco, em Lisboa. Apesar dos cerca de 30 polícias que guardavam o edifício na Avenida da Liberdade, os manifestantes conseguiram entrar nas instalações pouco antes das duas da tarde,enquanto as outras cerca de 150 pessoas batiam nos vidros do balcão e exigiam que lhes fosse devolvido o dinheiro que perderam com o papel comercial do GES. O protesto percorreu também as sedes dos possíveis candidatos à compra do Novo Banco. O principal alvo da ira dos manifestantes tem sido o governador do Banco de Portugal, Carlos Costa.

  • Salgado terá forjado contas do BES numa folha de Excell
    2:03

    Queda do BES

    Na semana em que foi conhecido o relatório preliminar da Comissão de Inquérito ao caso BES, o Observador adianta partes da audição do contabilista até aqui desconhecidas. Segundo o jornal, Machado da Cruz terá contado aos deputados que não só Ricardo Salgado não sabia da ocultação do passivo do GES, como forjou as contas numa folha de Excell. Depois, deu ordens para que constasse que tal tinha sido um erro.

  • Relatório final da Comissão de Inquérito ao BES vai ser enviado à PGR
    1:59

    País

    O relatório final da Comissão de Inquérito ao BES vai ser enviado para a Procuradoria-Geral da República. O anúncio foi feito, esta manhã, no Parlamento. Os deputados concluiram ainda que o Governador do Banco de Portugal foi excessivamente prudente e criticaram as divergências entre os reguladores, na questão do reembolso do papel comercial do GES. O documento foi hoje aprovado com os votos favoráveis de PSD, PS, CDS-PP, abstenção do BE e voto contra do PCP.

  • Ronaldo terá colocado milhões de euros nas Ilhas Virgens britânicas
    4:15

    Desporto

    José Mourinho e Cristiano Ronaldo são apenas dois dos nomes da maior fuga de informação na história do desporto. A plataforma informática Football Leaks forneceu milhões de documentos à revista alemã Der Spiegel, entre os quais documentos que indicam que o capitão da seleção nacional terá colocado milhões de euros da publicidade nas Ilhas Virgens britânicas. Os dados foram analisados por um consórcio de 60 jornalistas, do qual o Expresso faz parte, numa investigação que pode ler este sábado no semanário ou ainda esta sexta-feira, em formato online.

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Dezenas de mortos em bombardeamentos do Daesh em Mossul

    Daesh

    Dezenas de civis, entre os quais várias crianças, morreram e outros ficaram feridos em ataques de morteiro efetuados pelo grupo extremista Daesh em Mossul, disse à agência Efe o vice-comandante das forças antiterroristas iraquianas.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.

  • Tribunal chinês iliba jovem executado há 21 anos

    Mundo

    Nie Shubin foi fuzilado em 1995, na altura com 20 anos, depois de ter sido condenado por violação e assassinato de uma mulher, na cidade de Shijiazhuang. Agora, a justiça chinesa vem dizer que, afinal, o jovem era inocente, uma vez que não foram encontradas provas suficientes para o condenar.