sicnot

Perfil

Economia

BCE reforça linha de emergência para bancos gregos em mais dois mil milhões

O Banco Central Europeu (BCE) decidiu esta quarta-feira reforçar a linha de emergência de liquidez para os bancos da Grécia em 2000 milhões de euros, para quase 79.000 milhões de euros, avança a agência Bloomberg.

Assim, o BCE dá mais tempo à Grécia, esperando pelo resultado da próxima reunião dos ministros das Finanças da zona euro (Eurogrupo), marcada para segunda-feira, antes de decidir se limita - ou não - o acesso da Grécia à linha de emergência de liquidez, disseram as mesmas fontes. (Arquivo)

Assim, o BCE dá mais tempo à Grécia, esperando pelo resultado da próxima reunião dos ministros das Finanças da zona euro (Eurogrupo), marcada para segunda-feira, antes de decidir se limita - ou não - o acesso da Grécia à linha de emergência de liquidez, disseram as mesmas fontes. (Arquivo)

Yorgos Karahalis / AP

Segundo fontes ligadas ao processo citadas pela Bloomberg, o Conselho de Governadores do BCE decidiu na reunião de hoje voltar a reforçar a linha de emergência de liquidez (ELA, na sigla em inglês), depois de na semana passada ter dado luz verde a um aumento de 1400 milhões de euros.

Assim, o BCE dá mais tempo à Grécia, esperando pelo resultado da próxima reunião dos ministros das Finanças da zona euro (Eurogrupo), marcada para segunda-feira, antes de decidir se limita - ou não - o acesso da Grécia à linha de emergência de liquidez, disseram as mesmas fontes. 

No início de fevereiro, o BCE deixou de aceitar da parte dos bancos gregos obrigações soberanas gregas como garantia em operações de empréstimos semanais, uma importante fonte de financiamento para os bancos gregos.

Antes desta decisão, os bancos gregos beneficiavam de um regime de favor que lhes permitia utilizar estes títulos como garantia, mas as incertezas em relação à continuação da adoção das reformas por Atenas desde a chegada ao poder em finais de janeiro do Governo de Alexis Tsipras levaram o BCE a cortar este privilégio.

Atualmente, os bancos gregos refinanciam-se junto do Banco da Grécia, com empréstimos de urgência, mais caros, no âmbito do mecanismo denominado 'ELA' aprovado pelo BCE. 
Lusa
  • GNR só teve acesso às imagens das agressões em Alcochete 12 horas depois
    1:42

    Crise no Sporting

    A GNR não pôde visionar as imagens de videovigilância da Academia de Alcochete logo que chegou ao local. O sistema estava inoperacional, o que fez com que as imagens só fossem entregues quase 12 horas depois do ataque à equipa do Sporting. Entre as provas recolhidas, estão também impressões digitais e vestígios de sangue encontrados na zona do balneário.

  • Juiz considera que agressões em Alcochete foram "ato terrorista"
    1:59

    Crise no Sporting

    O juiz que decretou a prisão preventiva dos 23 detidos pelo ataque à Academia do Sporting considera que se tratou de um ato terrorista. Diz mesmo que os agressores tiveram um comportamento chocante e que perverte o espírito desportivo. Sete dos 23 detidos já foram condenados por outros crimes, mas não chegaram a pena de prisão.

  • Gonçalo Guedes: o menino franzino que jogava mais que os outros em Benavente
    8:47
  • A promessa que João Mário vai ter de cumprir se Portugal for campeão
    1:36
  • Aprovadas mudanças no acesso ao ensino superior

    País

    O Governo aprovou esta quinta-feira o decreto-lei que estabelece o currículo dos ensinos básico e secundário, bem como os princípios orientadores da avaliação, voltando a nota de Educação Física a contar para a média de acesso ao ensino superior. No caso dos alunos do ensino profissional, são eliminados requisitos considerados discriminatórios no acesso ao ensino superior.

  • Universidade de Coimbra não retira Honoris Causa a Lula
    3:30
  • Estudo acaba com teorias da conspiração sobre a morte de Hitler

    Mundo

    Existem algumas versões sobre o desaparecimento do ditador nazi, Adolf Hitler. Há quem diga que viajou para um país da América do Sul, outros acreditam que está escondido na Antártida e há até quem vá mais longe e acredita que estaria na Lua. Mas, teorias da conspiração à parte, a história oficial diz que Hitler suicidou-se num bunker, em Berlim, Alemanha.

    SIC