sicnot

Perfil

Economia

PSD defende subconcessão do Metro e Carris como "boa solução"

A Concelhia de Lisboa do PSD defendeu hoje que a subconcessão do Metro e da Carris é uma boa solução para os transportes e apelou ao presidente da Câmara que se foque na resolução dos problemas da cidade. 

(Reuters/ Arquivo)

(Reuters/ Arquivo)

© Jose Manuel Ribeiro / Reuters

"Aquilo que é importante é a Câmara tentar pensar, e começar a colaborar, como é que pode criar mais corredores Bus, como é que pode resolver os problemas da cidade e não dificultar a privatização [subconcessão da Carris e do Metro], que é uma coisa muito importante para a cidade de Lisboa", disse o presidente da Concelhia social-democrata, Mauro Xavier.

 

O PSD/Lisboa apelou ao presidente da Câmara para "não fazer política com os transportes" e para se focar na resolução dos problemas, "porque nos últimos 30 anos o que tem acontecido é só problemas na área dos transportes".

 

"A solução do Governo é uma boa solução, é uma solução importante para a cidade de Lisboa. Todas as pessoas que vivem em Lisboa estão fartas destas greves que impedem a utilização, estão fartas de ver o escalar dos preços e (...) precisamos de encontrar uma alternativa boa para a cidade. Portanto, o presidente da Câmara que se foque na resolução dos problemas e não em criar mais problemas", acrescentou.

 

Esta posição de Mauro Xavier surge um dia depois de o presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina (PS), ter anunciado na Assembleia Municipal que o Tribunal Administrativo de Lisboa aceitara as providências cautelares interpostas pela autarquia contra a subconcessão da Carris e do metro e que os concursos se encontravam suspensos.

 

As providências cautelares apresentadas foram dirigidas à suspensão do concurso pelas empresas, mas o autarca adiantou que o município irá intentar uma outra ação, "relativamente à resolução do conselho de ministros".

 

Após este anúncio de Medina, o Governo anunciou que a Carris e o Metropolitano entregaram ao Tribunal Administrativo uma "resolução fundamentada" no interesse público para travar a suspensão dos concursos de subconcessão conseguida pela Câmara de Lisboa.

 

Em comunicado, o gabinete do secretário de Estado dos Transportes, Sérgio Monteiro, referiu que "o concurso deixa de estar suspenso e retomará a sua tramitação nos termos previstos na lei e do caderno de encargos".

 

A apresentação da resolução fundamentada pela Carris e pelo Metro trava a suspensão determinada pela apresentação da providência cautelar pelo município, que, no entanto, deve ser objeto de avaliação com brevidade pelo tribunal.

 

Também o Partido Socialista entregou no Tribunal Constitucional, a 06 de abril, um pedido de fiscalização sucessiva da constitucionalidade do diploma do Governo que prevê a concessão dos transportes públicos de Lisboa, Carris e Metro, à operação e exploração por privados.

 

O Governo aprovou a 26 de fevereiro a subconcessão do Metro e da Carris e, em março, foi publicado em Diário da República o anúncio do concurso público internacional, com os candidatos a terem de apresentar as propostas até 14 de maio.

 

 Lusa

  • Bomba encontrada na Nazaré pode ter sido largada durante 2.ª Guerra Mundial
    2:26

    País

    A bomba que esta segunda-feira veio nas redes de um arrastão na Nazaré já foi detonada. O engenho explosivo foi identificado como uma bomba de avião por especialistas da Marinha, que eliminaram também o perigo equivalente a 600 quilogramas de TNT. A bomba sem qualquer inscrição tinha um desgaste evidente e, segundo a Marinha, pode ter sido largada de um avião durante a 2.ª Guerra Mundial.

  • Derrocada de muro em Lisboa obriga à retirada de 40 pessoas de 5 prédios
    2:14

    País

    Os moradores de três prédios de Lisboa não podem regressar tão cedo a casa. Durante a madrugada, a derrocada de um muro obrigou à retirada de 40 pessoas de cinco edifícios. Um dos inquilinos sofreu ferimentos ligeiros. Entretanto, a maioria dos residentes já foi realojada em casas de familiares e num hotel.

  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22

    País

    Num momento em que por cá se fala de claustrofobia democrática, a Europa e os Estados Unidos desdobram-se em elogios ao sucesso da maioria de Esquerda em Portugal. A palavra "geringonça" já tem até tradução em várias línguas.

  • ONU estima que mais 750 mil civis estejam em risco na cidade de Mossul
    1:39

    Mundo

    As Nações Unidas estimam que mais 750 mil civis estejam em risco na zona ocidental de Mossul, no Iraque. Mais de 10 mil pessoas fugiram da zona ocidental da cidade nos últimos quatro dias. Enquanto a população tenta escapar ao fogo cruzado, as forças iraquianas avançam sobre a cidade ainda controlada pelo Daesh.