sicnot

Perfil

Economia

Hotelaria e restauração perderam 17,5% do emprego nos últimos seis meses

A Associação de Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) afirma que nos últimos seis meses foram destruídos quase 53.000 postos de trabalho no setor, o que representa uma quebra acumulada de 17,5% nos últimos dois trimestres.

© Rafael Marchante / Reuters

O Instituto Nacional de Estatística (INE) divulgou na quarta-feira que a taxa de desemprego aumentou 0,2 pontos percentuais em cadeia no primeiro trimestre deste ano face ao anterior, fixando-se nos 13,7%. Nesse trimestre, a taxa de desemprego já havia registado um acréscimo trimestral de 0,4 pontos percentuais.

Depois desta divulgação, a AHRESP solicitou ao INE os números relativos ao setor e verificou que, depois de no último trimestre do ano passado terem sido destruídos cerca de 29.400 postos de trabalho, também no primeiro trimestre deste ano houve uma nova queda, e semelhante, nos postos de trabalho.

"Estimávamos que o nosso setor ia cair de novo neste primeiro trimestre do ano. E caiu. Para 249.100 postos de trabalho. Ou seja, uma destruição de 52.900 postos de trabalho, 17,5% do total da força de trabalho da restauração e da hotelaria entre o terceiro trimestre de 2014 e o primeiro trimestre de 2015. Estamos a falar de seis meses de catástrofe total", disse à agência Lusa o diretor da AHRESP, José Manuel Esteves.

Para a associação que representa o setor, "a carga fiscal", nomeadamente no que diz respeito ao Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA) na restauração, que aumentou de 13% para 23% em 2012, é a principal causa para que as empresas do setor não consigam manter os postos de trabalho.

"O IVA, que no fundo não é um imposto sobre as empresas, é sobre o consumo, não o podemos repercutir nos nossos preços de venda porque não há poder de compra (...) Não aumentando os preços de venda estamos a dispensar força de trabalho, enquanto não fechamos a porta", disse o diretor da associação.

José Manuel Esteves mostrou-se ainda satisfeito com o facto de a oposição apresentar propostas para a redução do IVA na restauração: "Felizmente já há alguns partidos políticos a anunciarem que [ela] é fundamental, não só pelas questões do emprego, mas também para a sobrevivência de um setor de forte empregabilidade".

Segundo a AHRESP, a taxa de IVA em Portugal é a mais elevada da zona euro, considerando que "o aumento de 77% do IVA em 2012 [de 13% para 23%] colocou Portugal muito acima da média da União Monetária e Financeira -- que é de 13,6% - retirando competitividade ao país, face a outros como a Holanda (6%), a Irlanda (9%), Espanha (10%), França (10%), Itália (10%) e Grécia (13%)".

A AHRESP alerta que sem trabalhadores "não é possível garantir a qualidade de serviço ao setor do turismo" e que "sem turismo a economia nacional não cresce", apontando que sem a hotelaria e a restauração o contributo do turismo para o Produto Interno Nacional (PIB) "descia de 10% para 5,6%".


Lusa
  • Morreu o vocalista da banda Linkin Park

    Cultura

    Um dos vocalistas da banda de metal alternativo Linkin Park, Chester Bennington, morreu, em casa, numa cidade do condado de Los Angeles, aos 41 anos. Chester Bennington ter-se-á suicidado, de acordo com a plataforma TMZ. O músico juntou-se aos Linkin Park em 1999, três anos após a formação da banda, que editou o seu álbum de estreia, "Hybrid Theory", em 2000. O disco, do qual fazem parte temas como "In the End", "Crawling" e "One Step Closer", vendeu dez milhões de cópias só nos Estados Unidos.

  • O perfil do novo herói do surf português
    3:43
  • "Temos de melhorar o sistema de prevenção e combate dos incêndios"
    18:07

    País

    O ministro da Agricultura, Luís Capoulas Santos, foi convidado da Edição da Noite da SIC Notícias, desta quinta-feira. Em análise esteve o chumbo do PCP na criação de um banco nacional de terras, a reforma da floresta em Portugal, as falhas no sistema de comunicação do SIRESP, a lei da rolha nos bombeiros, a seca no país e ainda a pesca da sardinha, que poderá vir a ser proibida durante 15 anos. 

    Entrevista SIC Notícias

  • CGTP acusa PT de ilegalidades no dia da greve
    0:46

    Economia

    A CGTP pede a intervenção do Governo na PT. Esta quinta-feira, na SIC Notícias, Arménio Carlos acusou a empresa de estar a cometer mais uma ilegalidade, ao ter requisitado trabalhadores para cumprir serviços mínimos uma semana antes do permitido por lei.

  • Altice responde a António Costa
    1:33

    Economia

    A Altice respondeu ao Governo, na sequência das críticas de António Costa, lamentando que Portugal não reconheça a importância dos investimentos que o grupo faz no país. A dona da PT inaugurou esta quinta-feira um novo call center em Vieira do Minho e, na sexta-feira, está marcada uma greve geral dos trabalhadores da PT.

  • Protesto dos enfermeiros é "ilegal"
    2:37
  • O que resta do navio de salvamento mais famoso de Portugal?
    15:26

    Aqui há História

    Os baixios da barra do Tejo já foram cemitério de centenas de embarcações. Uma delas foi o Patrão Lopes, o navio de salvamento que saía para o mar quando todos fugiam das tempestades. Foram cinco dias em agonia até naufragar no Bugio, num caso que acabou na barra do tribunal. 80 anos depois, a SIC mergulhou no Patrão Lopes porque "Aqui Há História".

  • Sismo de magnitude 6.9 na Turquia

    Mundo

    Um forte sismo com magnitude 6.9 na escala de Richter fez-se sentir esta quinta-feira a sul da cidade turca de Bodrum. A informação foi avançada pela agência norte-americana de Geologia.