sicnot

Perfil

Economia

Greve dos trabalhadores da STCP com adesão total, assegura sindicato

A greve dos trabalhadores da Sociedade de Transportes Coletivos do Porto (STCP) está hoje a registar adesão total, disse o dirigente do Sindicato dos Motoristas do Norte, sublinhando que nem os serviços mínimos estão a ser cumpridos.

O motivo da greve é o Orçamento do Estado para este ano, que, diz a Comissão  de Trabalhadores da STCP, afetará os trabalhadores "de forma redobrada perante  todos os demais", porque "elimina direitos livremente negociados de boa-fé  entre os conselhos de administração e os representantes dos trabalhadores" (Lusa/Arquivo)

O motivo da greve é o Orçamento do Estado para este ano, que, diz a Comissão  de Trabalhadores da STCP, afetará os trabalhadores "de forma redobrada perante  todos os demais", porque "elimina direitos livremente negociados de boa-fé  entre os conselhos de administração e os representantes dos trabalhadores" (Lusa/Arquivo)

ESTELA SILVA

"Não há autocarros a circular, a adesão é de 100%. Os motoristas estão concentrados nas duas estações de recolha de autocarros, Francos e Via Norte", disse Jorge Costa à agência Lusa.

Segundo o dirigente do sindicato dos motoristas, cerca das 08:45 deveriam estar a circular cerca de 400 autocarros.

Os trabalhadores da STCP estão em greve desde as 00:00 de hoje e até às 02:00 de terça-feira, em defesa do carácter público da empresa e pela contratação de mais motoristas.

Os trabalhadores consideram que "só com a manutenção da empresa na esfera do Estado será possível a manutenção de um serviço público com qualidade, indispensável às populações do Grande Porto".

O serviço poderá também ser afetado a partir de terça-feira "e até que a empresa proceda à admissão de novos motoristas", porque foi convocada uma greve parcial às duas últimas horas de cada serviço diário, bem como às duas últimas e duas primeiras horas dos serviços com intervalo entre etapas.

Acresce a greve convocada para os fins de semana, a partir do dia 16 de maio.

As organizações representativas dos trabalhadores da STCP referem que esta greve aos fins de semana visa permitir a todos "gozar o seu merecido descanso, face à impossibilidade do gozo de dias de férias".

"Só desta forma é possível garantir na maior parte dos casos o descanso entre jornadas de trabalho", acrescentam.

O Tribunal Arbitral do Conselho Económico e Social determinou serviços mínimos para a greve de hoje e para a paralisação aos fins de semana.

Hoje estavam abrangidas nos serviços mínimos as linhas 200, 204, 205, 207, 305, 501, 600, 701, 702, 704, 800, 801, 901/906, 903 e as 1M, 4M, 5M, 7M, 10M e 13M.

O concurso público para a subconcessão da STCP foi lançado em agosto de 2014, mas ainda não foi assinado o contrato com o consórcio espanhol TMB - Transports Metropolitans de Barcelona/Moventis, o único que se apresentou a concurso e que vai operar a partir do final de junho o Metro do Porto.

A Lusa tentou obter esclarecimentos junto da administração da empresa, mas até ao momento tal não foi possível. 

  • Fogo na Sertã alastrou aos concelhos de Mação e Proença-a-Nova
    2:37

    País

    Mais de 700 bombeiros combatem o incêndio que começou este domingo na Sertã e, durante a noite foi empurrado pelo vento para outros dois concelhos. As chamas atingiram as zonas de Mação e de Proença-a-Nova, onde os habitantes dizem que há várias casas destruídas pelo fogo. Esta manhã, chegaram dois aviões espanhóis para ajudar a controlar as chamas.

  • Pelo menos cinco feridos em ataque na cidade suíça de Schaffhausen

    Mundo

    Pelo menos cinco pessoas ficaram hoje feridas na sequência de um ataque, na cidade suíça de Schaffhausen. De acordo com as autoridades, as vítimas foram atacadas por um homem armado com uma motosserra, que está a ser procurado pela polícia. As autoridades descartaram a hipótese de "ato terrorista".

    Em atualização

  • Governo reconhece seca severa no continente desde 30 de junho

    País

    O Governo reconheceu, hoje, a existência de uma situação de seca severa no território continental, desde 30 de junho, que consubstancia um fenómeno climático adverso, com repercussões negativas na atividade agrícola, em despacho publicado hoje em Diário da República.

  • Genro de Donald Trump depõe hoje no Senado

    Mundo

    Jared Kushner, genro do Presidente dos EUA Donald Trump, vai hoje depor à porta fechada perante o comité dos serviços de inteligência do Senado, a câmara alta do Congresso norte-americano.

  • " A melhoria das contas públicas não foi feita à custa dos portugueses"
    1:30

    País

    Numa espécie de balaço deste ano e meio de governação, o primeiro-ministro voltou a assinalar voltou a assinalar a redução do défice e as melhorias nas contas públicas. Num jantar com militantes em Coimbra, António Costa garantiu ainda que a "verdadeira reforça do Estado avança até ao final desta legislatura, que é a Descentralização.

  • 700 milhões para armamento e equipamento militar
    1:16

    País

    Portugal vai investir nos próximos anos 700 milhões de euros em armas e equipamento militar. Segundo a imprensa de hoje, o objetivo é colocar algumas áreas das Forças Armadas a um nível similar ao dos outros aliados da NATO. É o maior volume de programas de aquisição dos últimos anos e parte das verbas vão beneficiar a indústria portuguesa que fabrica aviões, navios-patrulha, rádios e sistemas de comando e controlo.

  • Margem mínima de mil votos obriga a negociações intensas em Timor-Leste

    Mundo

    A Fretilin venceu sem maioria absoluta as lesgislativas para o VII Governo constitucional de Timor-Leste. De acordo com os dados oficiais, o partido de Mari Alkatiri obteve perto de 170 mil votos e conquistou 23 deputados. Já o partido de Xanana Gusmão que tinha vencido há cinco anos, ficou em segundo com 167 mil votos e 22 lugares no parlamento, num total de 65.