sicnot

Perfil

Economia

Lucro da Corticeira Amorim sobe mais de 40% e atinge 8,4MEuro no 1º trimestre

O lucro da Corticeira Amorim subiu 41,2% no primeiro trimestre, face a igual período do ano passado, para 8,4 milhões de euros, anunciou hoje a empresa.

amorim.com

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a Corticeira Amorim adianta que, nos primeiros três meses do ano, o volume de vendas aumentou 6,3%, para 147,4 milhões de euros.

"Este foi um comportamento para o qual muito contribuiu a Unidade de Negócios (UN) Rolhas, que registou um aumento de vendas superior a 10%", refere a empresa em comunicado, destacando "uma subida de vendas muito significativa na UN Aglomerados Compósitos, de 12,5%".

A Corticeira Amorim acrescenta que "a conjugação do desempeenho da sua mais importante Unidade de Negócios (Rolhas) e de uma desvalorização significativa do euro, que permitiu um efeito positivo dos câmbios, sustentam em grande parte o crescimento da atividade e dos indicadores de resultados neste primeiro trimestre" do ano.

O resultado antes de juros, impostos, amortizações e depreciações (EBITDA) corrente aumentou 43,9%, para 23,8 milhões de euros.

"O bom registo operacional contribuiu para um crescimento significativo ao nível do EBITDA, indicador que, expurgando o efeito da viração cambial, valorizou 17%", adianta.

A Corticeira Amorim refre que, "à semelhança da tendência observada" durante o ano passado, "o primeiro trimestre de 2015 fica também marcado por uma nova melhoria na função financeira, resultante de uma menor dívida e de taxas de juro mais baixas".

  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mais do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • G7 reforça compromisso na luta contra o terrorismo
    2:11