sicnot

Perfil

Economia

Varoufakis diz que Governo tem visão diferente dos credores sobre reformas

O ministro grego das Finanças, Yanis Varoufakis, afirmou hoje que o seu Governo tem uma perceção distinta da dos credores sobre as reformas e garantiu que o seu objetivo é deixar para trás as práticas do Governo anterior.

(Reuters/ Arquivo)

"Recordamos que o nosso Governo tem uma outra perceção do que significam as reformas e que as nossas reformas não possuem relação alguma com as práticas que contribuíram durante décadas para o subdesenvolvimento do país", disse Yanis Varoufakis em comunicado.

A nota foi publicada devido à readmissão de um grupo de mulheres da limpeza do Ministério das Finanças que hoje regressam aos seus postos de trabalho depois de serem despedidas há mais de um ano pelo Governo do conservador Andonis Samarás.

"O Ministério das Finanças foi durante cinco anos o centro de planeamento de políticas destrutivas para a sociedade grega. Enquanto despedia estas senhoras que limpavam o Ministério com salários baixíssimos, contratava assessores com salários milionários", destacou o ministro.

O grupo de 595 mulheres converteu-se num símbolo da resistência face às políticas de austeridade, quando depois de perder o emprego, acamparam à porta do Ministério para exigirem a sua readmissão.

As trabalhadoras integraram a rede de funcionários públicos encarregue da limpeza do Ministério e das delegações de finanças em todo o país.


  • A promessa que João Mário vai ter de cumprir se Portugal for campeão
    1:36

    Rumo ao Mundial 2018

    Oito jogadores da seleção participaram num evento em que responderam às dúvidas de jovens adeptos, em Lisboa. Os jogadores mostraram-se otimistas pelo caminho que têm em frente. Já João Mário foi confrontado com a promessa que não cumpriu de deixar crescer o cabelo se Portugal vencesse o Euro 2016. Agora, faz uma nova promessa: se Portugal for campeão mundial, deixa crescer o cabelo à Fellaini.

  • Estudo acaba com teorias da conspiração sobre a morte de Hitler

    Mundo

    Existem algumas versões sobre o desaparecimento do ditador nazi, Adolf Hitler. Há quem diga que viajou para um país da América do Sul, outros acreditam que está escondido na Antártida e há até quem vá mais longe e acredita que estaria na Lua. Mas, teorias da conspiração à parte, a história oficial diz que Hitler suicidou-se num bunker, em Berlim, Alemanha.

    SIC

  • Universidade de Coimbra não retira Honoris Causa a Lula da Silva
    3:30