sicnot

Perfil

Economia

Bruxelas fala em "espaço de manobra" para Portugal inverter rumo de austeridade

Bruxelas fala em "espaço de manobra" para Portugal inverter rumo de austeridade

Bruxelas acredita que existe "espaço de manobra" para Portugal começar a aliviar as medidas de austeridade, implementadas durante o programa de ajustamento. O vice-presidente da Comissão Europeia responsável pelo Euro, Valdis Dombrovskis, considerou esta terça-feira que, perante a descida do défice orçamental, o país deve pensar nessa possibilidade e em medidas como a reposição de salários.

  • Primeiro-ministro volta a defender políticas de austeridade seguidas nos últimos anos
    2:33

    Economia

    Numa altura em que se continua a discutir o impacto da austeridade em países como a Grécia ou o Reino Unido, Pedro Passos Coelho voltou a fazer a defesa das políticas seguidas nos últimos anos. O primeiro-ministro comparou o trabalho do Governo a uma terapêutica, em que o mais importante é a cura e não é saber se há dor ou febre ou se o doente gosta ou não do sabor do xarope.

  • Todos os distritos sob Aviso Amarelo devido ao frio

    País

    O Instituto Português do Mar e da Atmosfera colocou Portugal continental sob Aviso Amarelo na quarta e na quinta-feira. Os termómetros vão estar abaixo de zero em todo o território, à exceção dos distritos de Lisboa, Porto e Faro.

  • Motim em prisão brasileira fez pelo menos 30 mortos
    1:09

    Mundo

    Um novo motim numa prisão brasileira fez pelo menos 30 mortos. A prisão, que é a maior do Estado do Rio Grande do Norte, tem capacidade para 600 reclusos mas acolhe quase o dobro. Após o motim de 14 horas, a polícia já tem o controlo total da prisão.

  • Aqui também se vive
    16:07
  • Austrália condena Japão por caça de baleias no Oceano Antártico

    Mundo

    O Governo da Austrália condenou hoje o Japão por retomar a caça de baleias no Oceano Antártico, após a divulgação de imagens de um cetáceo morto a bordo de um barco japonês que se encontrava em águas protegidas.O ministro do Ambiente, Josh Frydenberg, manifestou "profunda deceção", um dia depois de a organização Sea Shepherd divulgar fotografias e vídeos de uma baleia minke no barco japonês Nisshin Maru.