sicnot

Perfil

Economia

Número de turistas chineses em Portugal cresceu quase 50%

O número de turistas chineses que visitaram Portugal em 2014 cresceu 49,3% para 113.200, que gastaram 54 milhões de euros, quase 20 milhões mais do que em 2013, confirmando a "aposta" do Turismo de Portugal (TdP) na China.

Número de chineses a visitar Portugal cresceu 50%

Número de chineses a visitar Portugal cresceu 50%

© Rafael Marchante / Reuters

Os dados, ainda provisórios, foram compilados pelo Instituto Nacional de Estatísticas e pelo Banco de Portugal, respetivamente, e foram divulgados por ocasião dos seminários que o Turismo de Portugal promove esta semana em três grandes cidades chinesas. 

Segunda economia mundial, habitada por uma vasta população com crescente poder de compra, a China tornou-se também o maior emissor de turistas, ultrapassando os Estados Unidos da América.

Cerca de 109 milhões de chineses - mais 19,5% do que em 2013 - viajaram o ano passado para fora da China continental. A maioria fica-se por Hong Kong e Macau, mas os Estados Unidos, a Europa e a Austrália atraem cada vez mais a nova classe média chinesa.

Os referidos seminários, com a participação de doze empresas portuguesas do setor e centenas de operadores turísticos locais, começaram na segunda-feira em Pequim, repetindo-se a seguir em Xangai, na quarta-feira, e em Cantão, dois dias depois.

A iniciativa ocorre menos de treze meses depois de a Administração Nacional do Turismo da China ter participado, pela primeira vez, na Feira de Turismo de Lisboa, em fevereiro passado, e que foi considerada "uma demonstração do real interesse dos operadores chineses no mercado português". 

Três cadeias hoteleiras portuguesas (Corinthia, Melia e VIP) participam nos seminários em curso na China, com mais nove empresas do setor (GeoStar, Line Up - Portugal Incoming, Osíris: DMC Portugal & Spain, Rdmc Incoming & Outgoing, Spain & Portugal Tours, Supreme Tours, TQ Travel Quality DMC, Wide Travel & Events e Vista dmc).

"Só num dia fizemos cerca de 50 contactos. É um mercado que está a crescer, não há duvida", disse um dos participantes. 

Em novembro de 2014, o governo português lançou uma campanha de promoção na China centrada na imagem de "C Luo" (Cristiano Ronaldo, em chinês), a figura portuguesa mais conhecida no país, e o Turismo de Portugal abriu uma representação permanente em Xangai.

À semelhança do capitão da seleção de futebol, Portugal apresenta-se como um país "mundialmente famoso" e "cheio de lugares espetaculares", numa mensagem escrita em chinês e impressa em cartazes com a fotografia do jogador.


  • A estreia de Centeno como líder do Eurogrupo
    1:56
  • Puigdemont chegou à Dinamarca e não foi detido

    Mundo

    A Justiça espanhola pediu à Dinamarca para ativar a ordem de detenção europeia contra Carles Puigdemont, que ignorou as ameaças de detenção e decidiu deslocar-se a Copenhaga para participar numa conferência. Entretanto na Catalunha, o presidente do parlamento propôs Puigdemont para voltar a dirigir o Governo Regional.

  • Eleição de Rio "embaraça" PCP e BE
    0:34

    Opinião

    Luís Marques Mendes considera que a eleição de Rui Rio veio criar embaraço ao PCP e Bloco de Esquerda. O comentador da SIC considera que a promessa de que venha a haver pactos de regime entre PS e PSD é motivo de preocupação para os parceiros do Governo.

    Luís Marques Mendes

  • O caso Assange é "um problema" para o Equador

    Mundo

    O Presidente equatoriano, Lenin Moreno, declarou no domingo que o asilo atribuído ao fundador do WikiLeaks, Julian Assange, pela embaixada do Equador em Londres desde 2012 é "um problema herdado" que constitui "mais que um aborrecimento".