sicnot

Perfil

Economia

Economia da zona euro cresce 1% até março em termos homólogos

A economia da zona euro cresceu 1% no primeiro trimestre deste ano, face ao mesmo trimestre de 2014, divulgou hoje o Eurostat na estimativa rápida.

(EPA/ Arquivo)

(EPA/ Arquivo)

Reuters

Já no total dos 28 Estados-membros da União Europeia o avanço do Produto Interno Bruto (PIB) em termos homólogos foi de 1,4% entre janeiro e março.

Na variação em cadeia, comparando o primeiro trimestre deste ano com o último do ano passado, o avanço foi de 0,4% tanto na zona euro como na UE.

No caso da zona euro, houve assim um ligeiro acelerar da economia dos países que partilham a moeda única até março, depois dos 0,3% de crescimento registados no último trimestre de 2014. 

Também o Instituto Nacional de Estatísticas (INE) divulgou hoje que a economia portuguesa cresceu 1,4% no primeiro trimestre deste ano em termos homólogos e 0,4% face ao trimestre anterior.

Entre as maiores economias europeias, o gabinete de estatísticas europeu avançou hoje que o PIB alemão cresceu 1% no primeiro trimestre em termos homólogos e 0,3% em cadeia. Em ambos os casos estes valores ficam abaixo dos registados no trimestre anterior: de 1,5% e 0,7%, respetivamente.

Quanto a França, cuja economia tinha estagnado no último trimestre de 2014, o Eurostat divulgou hoje um aumento do PIB no primeiro trimestre deste ano: de 0,6% face ao trimestre anterior e de 0,7% face aos primeiros três meses de 2014.

Já o PIB de Itália estabilizou (0%) entre janeiro e março em termos homólogos, depois da queda de 0,5% no último trimestre de 2014. Na variação em cadeia a economia italiana avançou uns ligeiros 0,3% no primeiro trimestre.

Destaque ainda para os dados da Grécia, o país que continua no foco das preocupações dos parceiros europeus. 

No primeiro trimestre a economia grega avançou 0,3% em termos homólogos, abaixo dos 1,3% registados nos últimos três meses de 2014.

Já comparando o primeiro trimestre deste ano com o último de 2014, o PIB da Grécia caiu 0,2%. Já nos últimos três meses de 2014 tinha recuado 0,4% na variação em cadeia.

Os dados do Eurostat são ajustados das variações sazonais.



Lusa



  • O impacto e as consequências do referendo em Itália
    1:02