sicnot

Perfil

Economia

Taxas Euribor descem a 6 meses e mantêm-se a 3, 9 e 12 meses

As taxas Euribor desceram hoje a seis meses para um novo mínimo de 0,060% e mantiveram-se a três, nove e doze meses em relação a terça-feira.     

(REUTERS/ ARQUIVO)

A taxa Euribor a seis meses, a mais utilizada em Portugal nos créditos à habitação, foi hoje fixada em 0,060%, um novo mínimo de sempre e menos 0,001 pontos do que na terça-feira.      

A Euribor a três meses, em valores negativos desde 21 de abril passado, manteve-se hoje ao ser fixada de novo em -0,009%, o atual mínimo de sempre registado pela primeira vez a 07 de maio.  

No prazo de doze meses, a Euribor voltou a ser fixada em 0,169%, depois de ter descido até ao atual mínimo de sempre, de 0,167%, a 29 de abril.                  

A nove meses, a Euribor também se manteve, em 0,108%, contra o atual mínimo de 0,107%, registado pela primeira vez a 7 de maio.   

As Euribor são fixadas pela média das taxas às quais um conjunto de 57 bancos da zona euro está disposto a emprestar dinheiro entre si no mercado interbancário.          

  • Comitiva portuguesa terminou visita à central de Almaraz

    País

    A visita técnica da delegação portuguesa e da Comissão Europeia à central nuclear de Almaraz, em Espanha, realizou-se esta segunda-feira. A visita serviu para Portugal se inteirar sobre o funcionamento da central e sobre o projeto de construção de uma instalação para armazenamento de resíduos radioativos.

  • O Nokia 3310 está de volta
    1:16

    Economia

    A Nokia chegou a ser uma das maiores empresas do mundo devido ao fabrico de telemóveis. Caiu, mas acaba de fazer renascer um dos sucessos de vendas do início do milénio. O anúncio foi feito este domingo, em Barcelona.