sicnot

Perfil

Economia

Taxas Euribor descem a 6 meses e mantêm-se a 3, 9 e 12 meses

As taxas Euribor desceram hoje a seis meses para um novo mínimo de 0,060% e mantiveram-se a três, nove e doze meses em relação a terça-feira.     

(REUTERS/ ARQUIVO)

A taxa Euribor a seis meses, a mais utilizada em Portugal nos créditos à habitação, foi hoje fixada em 0,060%, um novo mínimo de sempre e menos 0,001 pontos do que na terça-feira.      

A Euribor a três meses, em valores negativos desde 21 de abril passado, manteve-se hoje ao ser fixada de novo em -0,009%, o atual mínimo de sempre registado pela primeira vez a 07 de maio.  

No prazo de doze meses, a Euribor voltou a ser fixada em 0,169%, depois de ter descido até ao atual mínimo de sempre, de 0,167%, a 29 de abril.                  

A nove meses, a Euribor também se manteve, em 0,108%, contra o atual mínimo de 0,107%, registado pela primeira vez a 7 de maio.   

As Euribor são fixadas pela média das taxas às quais um conjunto de 57 bancos da zona euro está disposto a emprestar dinheiro entre si no mercado interbancário.          

  • Os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa
    1:55

    Football Leaks

    Com o escândalo dos agentes de futebol a dar que falar, o Expresso revela este sábado os negócios menos claros do filho de Pinto da Costa. O nome da empresa de que é administrador, a Energy Soccer, surge na investigação em transferências de jogadores que envolvem o Futebol Clube do Porto num conflito de interesses.

  • BCE autoriza CGD a avançar com recapitalização

    Caso CGD

    A Caixa Geral de Depósitos informou esta sexta-feira que vai prosseguir com as operações da primeira fase do aumento de capital, depois de ter obtido autorização para isso junto do Banco Central Europeu (BCE) e do Banco de Portugal.

  • Condutores apanhados a mais de 200 em corridas ilegais na Ponte Vasco da Gama
    1:25
  • A história da guerra em Alepo
    7:43
  • Reino Unido em alerta máximo de terrorismo

    Mundo

    O Reino Unido elevou o alerta de terrorismo para o nível máximo depois das declarações, esta quinta-feira, do chefe das secretas britânicas. O diretor do MI6 está preocupado com eventuais ataques contra o Reino Unido e outros aliados.

  • Uma "cidade fantasma" na Letónia
    3:10
  • O anúncio de natal que está a emocionar o mundo
    1:47