sicnot

Perfil

Economia

Toyota chama às oficinas quase 5 milhões de carros com problemas nos airbag

A Toyota Motor, líder mundial automóvel, anunciou hoje uma revisão extraordinária de 4.999.000 carros da marca em todo o mundo por problemas relacionados com os airbag fabricados pela empresa nipónica Takata.

A Toyota Motor anunciou uma revisão extraordinária de 4.999.000 carros da marca em todo o mundo por problemas relacionados com os airbag.

A Toyota Motor anunciou uma revisão extraordinária de 4.999.000 carros da marca em todo o mundo por problemas relacionados com os airbag.

© Yuya Shino / Reuters

A maioria dos veículos que agora terão de ser revistos nas oficinas do fabricante foi vendida no Japão -- 1,35 milhões --, na Europa -- 1,26 milhões.

Nos Estados Unidos, o principal mercado da Toyota, serão chamados à revisão 637.000 carros.

Envolvidos na inspeção extraordinária estarão 35 modelos de veículos fabricados entre março de 2003 e novembro de 2007.
  • A Catalunha "está farta da prepotência e dos abusos do governo"
    0:30
  • "Não há um verdadeiro debate democrático em Espanha"
    2:24
    Quadratura do Círculo

    Quadratura do Círculo

    QUINTA-FEIRA 23:00

    No Quadratura do Círculo desta quinta-feira, José Pacheco Pereira disse que este braço de ferro em território espanhol reforça a linha autoritária que existe em Espanha. Jorge Coelho considera que é urgente recorrer à diplomacia para definir um caminho a médio ou a longo prazo. Já o gestor Manuel Queiró afirma que Portugal não deve encarar este referendo com condescendência. 

  • Uber perde licença para operar em Londres

    Economia

    O regulador de transporte de Londres decidiu hoje que vai retirar à Uber a licença para operar na capital britânica. A proibição entra em vigor no final deste mês e vai afetar 40 mil motoristas da empresa multinacional norte-americana.

  • A corrida ao iPhone 8 no Japão, China e Austrália
    2:04
  • Óculos inteligentes permitem controlar telemóvel com o nariz
    1:05
  • Família Portugal Ramos
    15:01