sicnot

Perfil

Economia

Governo invoca interesse público para travar providência contra privatização da TAP

Governo invoca interesse público para travar providência contra privatização da TAP

O Governo invocou interesse público para se defender da providência cautelar que pretendia travar a privatização da TAP. Se o Supremo Tribunal Administrativo aceitar a defesa, o Executivo pode avançar com a venda da companhia. Os interessados têm menos de 24 horas para entregar as propostas.

  • "A necessidade da TAP é estrutural, é profunda"
    3:31

    José Gomes Ferreira

    O ministro da Economia espera que não seja necessário despedir trabalhadores na TAP e volta a culpar o Sindicato dos Pilotos pela derrapagem nas contas da companhia. José Gomes Ferreira analisa a situação na empresa. O presidente da companhia enviou carta aos trabalhadores onde anuncia reestruturação. "A necessidade da companhia é estrutural, é profunda", diz José Gomes Ferreira, e sublinha que "a TAP cresceu demasiado porque partiu da ideia da construção de um novo aeroporto".

  • Passos garante que privatização é a única forma de salvar a TAP
    1:33

    Economia

    O primeiro-ministro garantiu esta quarta-feira que a privatização da TAP vai mesmo avançar, como única forma de salvar a empresa. Passos Coelho diz desconhecer se estão previstos despedimentos antes da venda e admite que os custos da greve dos pilotos possam ter repercussões nas propostas de compra da companhia aérea.

  • Interessados na compra da TAP só têm dois dias para entregar propostas
    3:02

    Economia

    Os interessados na compra da TAP já só têm dois dias para entregar as propostas pela companhia. Os investidores continuam a trabalhar com os assessores que têm em Portugal, enquanto a TAP prepara um plano de reestruturação da empresa. O ministro da Economia espera que não seja preciso despedir os trabalhadores, mas diz que essa decisão cabe à administração da TAP.

  •  António Costa aconselha "humildade democrática" ao primeiro-ministro
    0:49

    País

    António Costa acusa o Governo de teimosia e de radicalismo ideológico ao insistir na privatização da TAP. Depois de Passos Coelho ter acusado o líder do PS de "imaturidade democrática", António Costa aconselha "humildade democrática" ao primeiro-ministro e lamenta que tenha rejeitado todas as oportunidades que o PS lhe deu para um acordo político.

  • Pilotos facilitadores da privatização da TAP

    António José Teixeira

    Os pilotos acabaram por ser os grandes aliados do Governo no processo de privatização da TAP. A irracionalidade do seu procedimento, a chantagem efectiva mascarada de greve, ajudaram a criar um ambiente social e político mais propício à aceitação da venda da empresa. Por estes dias, a discussão já passou para o preço da TAP e para eventuais despedimentos. 

  • Primeiro-ministro hoje na cidade da Praia 

    País

    O primeiro-ministro, António Costa, está hoje em Cabo Verde para a a IV cimeira bilateral entre Portugal e aquele país africano, aproveitando a passagem pela cidade da Praia para inaugurar a escola portuguesa.

  • Deputados britânicos debatem hoje petição que desvaloriza visita de Donald Trump

    Mundo

    Os deputados britânicos debatem hoje uma petição que reclama que a futura visita de Estado do Presidente norte-americano, Donald Trump, seja reduzida a uma visita oficial, enquanto dezenas de milhares de pessoas se manifestam sobre o mesmo assunto. Dezenas de milhares de pessoas são esperadas hoje nas ruas de várias cidades do Reino Unido, em protestos organizados para coincidir com a discussão no parlamento (na Câmara dos Comuns) de uma petição 'online' que já tem quase dois milhões de subscritores.

  • Portugal sem resposta de Moçambique sobre português desaparecido em Maputo
    1:25

    País

    Portugal tem tentado, sem sucesso, obter respostas das autoridades moçambicanas sobre o rapto de um empresário português há sete meses. De acordo com a notícia avançada este domingo pelo jornal Público, uma carta enviada há duas semanas pelo Presidente da República ao homólogo moçambicano não teve resposta. O Governo de Moçambique tem ignorado pedidos de informação das autoridades portuguesas.

  • Matteo Renzi demite-se da liderança do Partido Democrático

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro italiano Matteo Renzi demitiu-se hoje da liderança do Partido Democrata (PD), uma decisão que faz parte de uma estratégia para retomar o controlo da formação de centro-esquerda, onde uma minoria mais à esquerda ameaça cindir-se.