sicnot

Perfil

Economia

Sonae investe até 50 M€ em novas lojas em Portugal e Espanha

 A Sonae anunciou hoje que prevê investir até 50 milhões de euros "com a abertura de novas lojas e a implementação de novos formatos de loja" em espaços por si detidos em Portugal e Espanha.

(Reuters/ Arquivo)

(Reuters/ Arquivo)

© Srdjan Zivulovic / Reuters

Em nota hoje divulgada, a Sonae diz que, através da sua unidade de retalho especializado Sonae SR, haverá um investimento "que poderá ascender a 50 milhões de euros" em lojas como a Worten, Sport Zone, MO e Zippy.

"O investimento final dependerá da disponibilidade de espaços comerciais adequados aos conceitos e que respondam aos requisitos das marcas, bem como da disponibilidade dos atuais parceiros imobiliários para colaborarem nos processos de remodelação e implementação dos novos conceitos", assinala a empresa.

O presidente executivo da Sonae SR, Miguel Mota Freitas, diz no texto enviado às redações que a empresa que dirige "prevê a abertura de cerca de 30 lojas na Península Ibérica em 2015, bem como a remodelação de mais de 80 unidades, procurando servir ainda melhor os seus clientes e aumentando a sua abrangência geográfica". 

E prossegue: "Esta expansão e otimização do parque de lojas estão integradas na nossa estratégia omnicanal, que explora a complementaridade entre as lojas físicas e a loja 'online' como forma de satisfazer as necessidades dos seus clientes".

No primeiro trimestre de 2015, a Sonae SR diz que registou um aumento das vendas por metro quadrado, em média, de 14% em Espanha e 5% em Portugal. 

"Em 2015, já foram remodeladas mais de 20 lojas na Península Ibérica, as quais apresentam hoje uma oferta mais alargada, baseada na utilização da tecnologia, e soluções inovadoras que contribuem para uma experiência de compra ainda melhor", frisa ainda a entidade.



Lusa
  • Negócios do fogo
    22:00

    Reportagem Especial

    Todos os anos, o Estado gasta centenas de milhões de euros para financiar os meios de combate aos incêndios. A reportagem especial da SIC denuncia falta de rigor e clareza em muitos dos negócios.

  • Porque têm as tempestades nomes?
    0:49

    País

    As tempestades passaram a ter um nome, partilhado pelos serviços de meteorologia de Portugal, França e Espanha. Nuno Moreira, chefe de divisão de previsão meteorológica do IPMA, foi convidado da Edição da Noite da SIC Notícias para explicar que este método é também uma forma de sinalizar a dimensão das tempestades.

  • "Não podemos gastar o dinheiro e depois os filhos e os netos é que pagam"
    2:05

    Opinião

    Miguel Sousa Tavares analisou esta segunda-feira, no habitual espaço de comentário no Jornal da Noite, o reembolso antecipado ao FMI. O comentador da SIC defendeu que seria mais vantajoso se Portugal reembolsasse mais depressa, antes da subida das taxas de juro. Miguel Sousa Tavares considerou ainda que o reembolso da dívida é uma boa notícia, pois seria "desleal" deixar a dívida para "os filhos e os netos" pagarem.

    Miguel Sousa Tavares

  • Os efeitos da tempestade Ana em Portugal
    1:43
  • Fortes nevões no norte da Europa
    0:59

    Mundo

    A tempestade Ana não causou apenas estragos em Portugal, mas também na Galiza, com a queda de árvores e cheias nas zonas ribeirinhas. No norte da Europa, as baixas temperaturas provocaram fortes nevões e paralisaram a Grã-Bretanha, com voos cancelados, escolas fechadas e estradas cortadas.