sicnot

Perfil

Economia

Trabalhadores da TAP marcham contra venda da empresa

A Comissão de Trabalhadores da TAP anunciou hoje, em comunicado, que vai participar na "Marcha Contra as Privatizações", marcada para o próximo dia 21 pela Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações (Fectrans).

LUSA

"A Comissão de Trabalhadores está e estará contra a privatização da TAP e tudo fará para, com a unidade dos trabalhadores, desenvolver e apoiar ativamente formas de luta visando impedir a privatização", refere aquele órgão representante dos funcionários da empresa.

Segundo a Comissão de Trabalhadores, o plano de privatização das empresas do setor dos transportes, incluindo da TAP, faz parte de um plano para "retirar à gestão pública um património importante que deve estar ao serviço de Portugal e dos portugueses".

A Fectrans marcou para quinta-feira uma marcha com início às 10:30 no Largo Camões, em Lisboa, seguindo depois até à Assembleia da República.

A marcha visa protestar contra a liquidação/privatização da TAP, da Empresa de Manutenção de Equipamento Ferroviário e da CP-Carga, contra a subconcessão/privatização do Metropolitano de Lisboa, Carris, Transtejo, Soflusa, STCP [Sociedade de Transportes Coletivos do Porto] e Metro do Porto, contra a entrega a privados dos serviços lucrativos da CP e contra a destruição da Refer [gestora da estrutura ferroviária] na fusão com as Estradas de Portugal.

O secretário de Estado dos Transportes Sérgio Monteiro anunciou hoje que o Governo recebeu três propostas para a compra de 66% da empresa.

Fontes ligadas ao processo confirmaram à Lusa que os empresários David Neeleman, Gérman Efromovich e Miguel Pais do Amaral apresentaram propostas para a aquisição da transportadora.

O Governo decidiu em novembro relançar a privatização de até 66% do grupo liderado por Fernando Pinto, suspensa em 2012.






Lusa
  • Os (maus) hábitos do português ao volante
    1:31

    País

    Os condutores portugueses estão a usar cada vez mais o carro e cada vez menos os transportes públicos. Um inquérito apresentado esta terça-feira pelo Automóvel Clube de Portugal (ACP) mostra que quase metade admite falar ao telemóvel enquanto conduz e cerca de um quinto já adormeceu ao volante enquanto conduzia.

  • E os nomeados são... conhecidos hoje

    Cultura

    São, esta terça-feira, conhecidos os nomeados para os Óscares. O anúncio vai ser feito a partir de Los Angeles quando forem 13h00 em Lisboa e seguido em direto numa emissão especial da SIC Notícias.

    Aqui a partir das 13:00

  • Centeno promete avançar com reformas para a zona euro
    1:45

    Economia

    Mário Centeno liderou esta segunda-feira a primeira reunião do Eurogrupo. O ministro das Finanças português prometeu pôr mãos à obra para reformar a zona euro e, sem se comprometer com datas, deixou a porta entreaberta à entrada da Bulgária na zona euro.

  • "Shutdown" nos EUA chegou ao fim
    1:05
  • Papa pede perdão a vítimas de abusos por ter usado expressão "menos feliz"
    1:21

    Mundo

    No final da visita à América Latina, já no avião de regresso a Roma, o Papa Francisco pediu desculpa às vítimas de abusos sexuais no Chile. O líder da Igreja católica considerou que utilzou uma expressão menos "feliz" quando saiu em defesa do bispo Juan Barros, exigindo "provas" a quem o acusa de não ter agido.