sicnot

Perfil

Economia

Juros da dívida de Portugal a cair a 2 anos e a subir a 5 e 10 anos

Os juros da dívida de Portugal estavam hoje a cair a dois anos e a subir a cinco e dez anos em relação a sexta-feira, alinhados com os da Irlanda.            

(Reuters/ Arquivo)

(Reuters/ Arquivo)

© Jose Manuel Ribeiro / Reuters

Hoje, cerca das 8:45 em Lisboa, os juros da dívida portuguesa a dez anos estavam a subir para 2,379%, contra 2,287% na sexta-feira. O atual mínimo de sempre é de 1,560% e foi registado a 13 de março passado.                                                                           

 

Os juros a cinco anos também estavam a subir, para 1,077%, contra 1,015% na sexta-feira e o mínimo de sempre, de 0,749%, a 10 de abril passado.      

 

Em sentido contrário, os juros a dois anos estavam a cair para 0,103%, contra 0,111% na sexta-feira e o mínimo de sempre, de 0,013%, a 13 de abril. 

 

Depois de ter iniciado a 09 de março um programa sem precedentes de compra de dívidas soberanas e privadas, que vai permitir injetar 60 mil milhões de euros por mês, até, pelo menos, setembro de 2016, na economia da zona euro na esperança de a redinamizar, o Banco Central Europeu (BCE) manteve na quarta-feira as taxas de juro inalteradas em mínimos.         

 

Os efeitos do programa fizeram sentir-se, por antecipação, nas taxas de juro das dívidas soberanas, que evoluem em sentido inverso ao da procura e têm renovado mínimos diariamente. Algumas das taxas tornaram-se negativas nos prazos mais curtos, ou seja, os investidores estão dispostos a pagar para deter estes títulos considerados muito seguros.    

 

A 17 de maio de 2014, Portugal abandonou oficialmente o resgate sem qualquer programa cautelar. 

 

O programa de ajustamento pedido por Portugal à 'troika' (Comissão Europeia, Banco Central Europeu e Fundo Monetário Internacional), no valor de 78 mil milhões de euros, esteve em vigor durante cerca de três anos. 

 

Os juros da dívida soberana da Irlanda estavam a cair a dois e a subir a cinco e dez anos, enquanto os de Itália e Espanha estavam a subir em todos os prazos.  

 

Em relação aos juros da Grécia, estes estavam a subir a dois e dez anos para valores em torno dos 21,6% e 10,95%, respetivamente. 


 

Juros da dívida soberana em Portugal, Grécia, Irlanda, Itália e Espanha cerca das 8:45: 

 

           2 anos... 5 anos... 10 anos  

 

Portugal  

 

 

18/05..... 0,103......1,077....2,379 

 
 

15/05..... 0,111......1,015....2,287 

 
 

Grécia  

 

 

18/05.....21,678....n disp...10,956 

 
 

15/05.....20,914....n disp...10,759 

 

 
 

Irlanda 

 

 
 

18/05......-0,024.....0,451....1,280 

 
 

15/05......-0,013.....0,438....1,262 

 
 

 

Itália 

 



 

18/05......0,160......0,730....1,848 

 
 

15/05......0,144......0,686....1,771 



Espanha 


 
 

18/05......0,006......0,715....1,801 

 
 

15/05......0,004......0,677....1,732 

 
 


 

Fonte: Bloomberg Valores de 'bid' (juros exigidos pelos investidores para comprarem dívida) que compara com fecho da última sessão. 


Lusa

 

  • Tudo isto circula na internet. Nada disto é verdade
    3:12
  • Peso dos salários na economia diminuiu
    2:34

    Economia

    Portugal é dos países onde o peso dos salários na economia mais diminuiu. Ou seja, os salários portugueses foram dos mais encolheram com a crise. A conclusão é da Organização Internacional do Trabalho que sublinha as implicações negativas ao nível social e económico.

  • Presidente do Montepio tranquiliza clientes do banco
    1:58

    Economia

    O presidente do Montepio garante que os clientes do banco podem estar seguros e reafirma que a instituição não tem qualquer exposição à Associação Mutualista. No programa da SIC Notícias Negócios da Semana, José Félix Morgado assumiu que é preciso separar ainda mais as duas instituições.

  • Inaugurado Ikea de Loulé
    3:51

    Economia

    Centenas de pessoas aguardavam à porta do Ikea de Loulé para a inauguração da nova loja no Algarve, uma semana depois do acidente que matou uma trabalhadora. A cerimónia decorreu de forma sóbria, ainda que com alguma pompa e circunstância.

  • Descoberta nova espécie de tiranossauro

    Mundo

    Uma nova espécie de dinossauros predadores, um tiranossauro com uma forma incomum de evolução, foi descoberta por uma equipa internacional de cientistas, segundo um artigo científico hoje publicado pela revista Nature.